WTCC: Chilton e López dividem triunfos na Argentina; Monteiro em quarto

WTCC: Chilton e López dividem triunfos na Argentina; Monteiro em quarto

Dois quartos lugares: eis o conjunto de resultados alcançados por Tiago Monteiro (Honda Civic) na ronda argentina do Campeonato do Mundo de Carros de Turismo (WTCC), que teve como vencedores Tom Chilton e José Maria López nas duas corridas, ambos em Citroën.

Na primeira corrida, Chilton, da Sébastien Loeb Racing, saltou para o comando e não mais largou a primeira posição, defendendo-se bem do ataque de Tiago Monteiro, que teve igualmente uma excelente partida e subiu a segundo, mas apenas por breves instantes, já que foi novamente passado por John Filippi (Chevrolet), Robert Huff (Honda) e por Yvan Muller (Citroën).

A história na luta pelo pódio foi depois animada pelo quarteto composto por Filippi, Huff, López e Monteiro, durando até à sétima volta, quando o piloto da Chevrolet cometeu um erro na primeira curva, permitindo a passagem aos seus três rivais. Mehdi Bennani (Citroën) também esteve quis aproveitar o erro de Filippi e na última curva tentou passar o francês, mas acabou por embater no Chevrolet. Na sequência, recebeu uma bandeira preta e branca por conduta anti-desportiva mas, mais importante, provocou igualmente diversas mexidas mais atrás, com Tom Coronel a passar Bennani e a tentar atacar Filippi apenas para ser depois ultrapassado por José Maria López, autor de uma bela recuperação a partir do final da grelha depois de ter trocado de motor do seu Citroën, e Norbert Michelisz (Honda).

Na frente, isento de problemas – mesmo que não tranquilo –, Chilton venceu a corrida, com Huff e Muller a completarem o pódio e Monteiro em quarto, os quatro primeiros separados por menos de 2,5 segundos. López terminou em quinto, na frente de Michelisz e de Coronel.

Na segunda corrida, o triunfo coube a José Maria López, que a jogar em casa não deixou os seus créditos por mãos alheias, acabando por levar a melhor numa intensa batalha com Michelisz na fase inicial. Pertenceu, aliás, ao húngaro a liderança da corrida na fase inicial, fruto de um excelente arranque, superando López e com Yvan Muller e Tom Coronel logo atrás.

Enquanto tentava superar Michelisz, López tinha também de combater a pressão de Muller, terceiro, mas que após alguma luta entre companheiros de equipa, terá sido instruído a não atacar o argentino. A defesa de Michelisz durou até à sétima volta, quando foi ultrapassado pelos dois C-Elysée oficiais. Visando não perder a posição para o francês, Michelisz não evitaram um ligeiro contacto, o qual provocou atrasos para ambos – o húngaro para oitavo e Muller para quinto.

Assim, Tom Coronel e Robert Huff herdaram as posições do pódio ao lado de López, enquanto Monteiro foi quarto, seguido por Muller e Esteban Gutierri, estrela local que esteve em muito boa forma ao longo de todo o fim de semana, assemelhando-se a sua história à de… José Maria López.

No campeonato de pilotos, López aumentou a sua liderança sobre Tiago Monteiro para 117 pontos, tornando assim a tarefa do luso ainda mais complicada.

Corrida de abertura

  1. Tom Chilton (Citroën C-Elysée WTCC)
  2. Rob Huff (Honda Civic WTCC)
  3. Yvan Muller (Citroën C-Elysée WTCC)
  4. Tiago Monteiro (Honda Civic WTCC)
  5. José María López (Citroën C-Elysée WTCC)
  6. Norbert Michelisz (Honda Civic WTCC)
  7. Tom Coronel (Chevrolet RML Cruze TC1)
  8. Mehdi Bennani (Citroën C-Elysée WTCC)
  9. James Thompson (Chevrolet RML Cruze TC1)
  10. John Filippi (Chevrolet RML Cruze TC1)
  11. Thed Björk (Volvo S60 WTCC)
  12. Grégoire Demoustier (Citroën C-Elysée WTCC)

Corrida principal

  1. José María López (Citroën C-Elysée WTCC)
  2. Tom Coronel (Chevrolet RML Cruze TC1)
  3. Rob Huff (Honda Civic WTCC)
  4. Tiago Monteiro (Honda Civic WTCC)
  5. Yvan Muller (Citroën C-Elysée WTCC)
  6. Esteban Guerrieri (Chevrolet RML Cruze TC1)
  7. Mehdi Bennani (Citroën C-Elysée WTCC)
  8. Norbert Michelisz (Honda Civic WTCC)
  9. Tom Chilton (Citroën C-Elysée WTCC)
  10. John Filippi (Chevrolet RML Cruze TC1)

Campeonato de Pilotos

  1. José-María López: 284 pontos
  2. Tiago Monteiro: 167 pts
  3. Yvan Muller: 160 pts
  4. Rob Huff: 157 pts
  5. Mehdi Bennani: 144 pts
  6. Norbert Michelisz: 143 pts
  7. Nick Catsburg: 139 pts
  8. Tom Chilton: 130 pts

Campeonato de Construtores

  1. Citroën: 702 pontos
  2. Honda: 506 pts
  3. Lada: 406 pts
  4. Polestar: 194 pts
Anterior Primeiros seis postos de carregamento rápido instalados na A2
Próximo Marginal do Estoril é uma das cinco melhores da Europa para conduzir

Artigos relacionados

PRIO e CEPRA oficializam parceria de caráter único

A PRIO continua a aproximar-se do sector do pós-venda automóvel e assinou um protocolo de parceria com o CEPRA – Centro de Formação Profissional de Reparação Automóvel.

Nova VW Amarok será desenvolvida em parceria com a Ford

O Grupo VW assinou um acordo inicial com a Ford que promete desenvolver a sucessora da Amarok.

Volvo XC60 tem nova campanha de renting para particulares

A Volvo Car Portugal anuncia as condições da campanha de renting para clientes particulares cujas condições são aplicáveis ao seu modelo Volvo XC60, eleito no passado mês de Março, Carro Mundial do Ano.

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário