Todos os carros da Volvo serão híbridos ou elétricos a partir de 2019

Todos os carros da Volvo serão híbridos ou elétricos a partir de 2019

Numa decisão de grande importância para a indústria automóvel, a Volvo anunciou que a partir de 2019 todos os seus novos modelos serão híbridos ou 100 por cento elétricos, colocando um ponto final nos carros movidos por motores de combustão interna unicamente.

Esse mesmo ponto é frisado pela Volvo no momento deste anúncio, revelando que é “fim histórico” dos carros alimentados unicamente por motores a gasolina ou Diesel, ao mesmo tempo que realça o papel da eletrificação no futuro da indústria automóvel.

A marca pretende lançar cinco novos veículos elétricos para a sua gama entre 2019 e 2021, dois dos quais com ambições desportivas ao abrigo da submarca Polestar, adquirida recentemente pela companhia para produzir variantes mais desportivas. As outras variantes da Volvo terão opções Plug-in híbridas e sistemas micro-híbridos de 48 Volt, que ajudam na eficiência geral e também ao nível da aceleração com um pequeno ‘boost’ quando necessário.

“Este anúncio marca o fim dos carros alimentados exclusivamente por motores de combustão interna. Dissemos que pretendemos vender um total de um milhão de veículos eletrificados em 2025. Quando o dissemos, estávamos a ser sinceros. É assim que o valor fazer”, referiu o CEO da Volvo, Hakan Samuelsson.

Anterior Aquisição da Opel pela PSA foi aprovada pela União Europeia
Próximo Novo Dacia Logan MCV Stepway pronto para aventuras em família

Artigos relacionados

Tesla revela novo Model 3

O novo Tesla Model 3 já é uma realidade. A marca californiana revelou o seu novo modelo elétrico esta madrugada, naquele que será um rival para os Audi A4, BMW

Modelos da gama 90 da Volvo ultrapassam 300.000 unidades vendidas

As vendas mundiais dos modelos da gama 90 da Volvo ultrapassaram recentemente as 300.000 unidades.

Arrinera Hussarya GT pensado para a competição

Pequena construtora artesanal oriunda da Polónia, a Arrinera prepara o lançamento de um desportivo de prestações elevadas, o Hussarya, mas agora vai também transportar esse modelo para as pistas. A