SEAT fecha ano de 2017 com mais 185 trabalhadores

SEAT fecha ano de 2017 com mais 185 trabalhadores

O ano de 2017 foi muito positivo para a criação de emprego na SEAT. Nos últimos 12 meses, a força de trabalho do Grupo SEAT integrou um total de 185 novos colaboradores, principalmente destinados às linhas de produção da fábrica de Martorell, aos projetos estratégicos relacionados com a conetividade automóvel e com a digitalização da empresa, e também para o SUV de grandes dimensões que a marca lançará este ano, ou ainda para o novo Audi A1. A empresa admitiu igualmente 75 jovens que vão iniciar os seus estudos na Escola de Aprendizes, o seu centro de formação dual.

Desde 2015, a SEAT aumentou o número de profissionais em 470 pessoas. No fecho de 2017, a força de trabalho do Grupo SEAT, que inclui a casa mãe (SEAT, S.A.) e as filiais, como a SEAT Metropolis:Lab Barcelona ou a SEAT Sport, conta com um total de 14.672 empregados diretos. Se forem incluídos os empregos indiretos e induzidos, a SEAT gera um total superior a 100 mil postos de trabalho em Espanha.

“A SEAT é um dos grandes empregadores do país. É para todos uma grande satisfação fazermos um balanço tão positivo de 2017 com a criação de novas oportunidades laborais. Além de incorporar os recursos e o talento necessários ao desenvolvimento da atividade empresarial, o nosso objetivo também passa pela formação contínua de todos os empregados de forma a enfrentar os desafios da digitalização e da Indústria 4.0. Em colaboração com os sindicatos mais representativos e no enquadramento do acordo coletivo assinado em 2016, continuaremos a impulsionar a transformação digital para uma empresa mais produtiva, mais eficiente e com mais empregos de valor acrescentado”, disse o vice-presidente de Recursos Humanos, Xavier Ros.

A SEAT arrancou o ano com a contratação de 150 novos empregados, que vão reforçar especialmente a força de produção das linhas do Ibiza e do Arona. Tal como anunciado pela empresa em dezembro, estes empregados foram integrados esta segunda-feira na SEAT com contrato de trabalho sem termo. Para responder ao aumento na produção, foram adicionados turnos de trabalho durante o fim de semana ao longo do corrente ano. Assim, nas próximas semanas, a Linha 2 (SEAT Leon) trabalhará nos sábados 27 de janeiro e 10 e 17 de fevereiro.

Anterior Peugeot mantém liderança no Dakar 2018
Próximo Mercedes-Benz Nº1 no segmento premium a nível mundial

Artigos relacionados

Honda revela terceiro SUV para o mercado sul-americano: WR-V

A Honda revelou o primeiro esboço do seu novo SUV pensado para o mercado da América do Sul, um modelo denominado WR-V e que pretende apelar a uma faixa etária mais jovem de condutores.

Novo Audi R18: As 24 Horas de Le Mans como objetivo máximo

A Audi revelou o seu novo competidor para o Mundial de Endurance/Resistência (WEC) e para as 24 Horas de Le Mans, onde procura recuperar das mãos da sua ‘irmã’ Porsche

Grupo PSA Ibérico sofre alterações de estrutura

Com efeito a partir de 1 de agosto, o Groupe PSA efetua as seguintes nomeações na organização da Península Ibérica.