SEAT e VHILS lançam o grande roteiro da Street Art Portuguesa

A SEAT volta a juntar-se a VHILS, desta vez para, com a sua curadoria, desenhar um novo grande roteiro da Street Art Portuguesa, destacando alguns dos seus protagonistas, de Norte a Sul. Trata-se de um mapeamento da arte urbana e de pontos de interesse cultural e lazer, que nos transporta até 5 cidades portuguesas, conduzidos pelo olhar e experiência de 5 artistas locais.

Braga, Carvoeiro, Matosinhos (no Grande Porto), Lisboa e Aveiro são as cidades que B.E.K, Tamara, Draw & Contra, AkaCorleone e André da Loba vão desvendar, numa viagem repartida em 5 short docs e com condução da atriz e apresentadora Madalena Brandão.

As estradas levam-nos às cidades, cada uma única, diferente da próxima, colorida pela sua própria identidade. Na cidade, as paredes contam a sua história, revelam os seus segredos e dão a conhecer algo que nenhum ponto turístico alguma vez conseguiria – cada artista irá apresentar a sua cidade com um olhar pessoal que nos coloca diante do presente passado e futuro dos espaços, com uma recolha de pontos de relevância intrínseca à arte urbana, mas também pontos de interesse cultural, histórico e de lazer que contextualizam experiências e inspirações.

A arte de rua tem trazido à luz do dia o talento de uma nova geração de artistas e com eles, uma nova estética criou um património artístico e público que transforma cada cidade numa galeria a céu aberto. Garantindo 5 artistas, 5 cidades e 5 short docs, poderemos ainda acompanhar a construção de 5 obras originais em paredes públicas, que registam esta passagem e marco efetivo da integração urbana no roteiro SEAT ART CITIES, que vive num site próprio.

Em seatartcities.com encontramos todos os conteúdos relativos às cidades, aos artistas e às suas paredes (bem como às de outros artistas que lhes dão referência). Serão disponibilizados vídeos documentais e de bastidores de cada cidade, libertos a partir de agora e durante os próximos meses, numa viagem mapeada em versões desktop e mobile, até à Primavera de 2020.

O primeiro artista a iniciar esta rota foi B.E.K., natural de Braga, e eterno inspirado pela arquitetura e elementos figurativos religiosos que habitam a sua cidade. O seu trabalho, inspirado também por figuras de mitologia híbrida, assume uma presença imponente e protetora de uma cidade em mudança: as paredes mostram-no e as estradas que nos levam até elas chamam agora por nós.

Anterior SEAT aumenta frota de mega camiões para uma logística mais sustentável
Próximo Kia Niro elétrico já tem preço para o mercado português

Artigos relacionados

Novo Mercedes-Benz Classe S Cabrio a partir dos 180.550 euros

O novo Mercedes-Benz Classe S Cabriolet, o sexton modelo da família atual do Classe S, chega a Portugal em abril, com a versão de base a apresentar um preço na

BMW mostra M2 CS com 450 CV de potência

A BMW mostrou o M2 C2, a primeira edição especial de produção criada pela BMW M, a divisão desportiva da marca de Munique.

Mercedes-Benz 500 E: um modelo que se tornou clássico

Apenas os mais conhecedores conseguem aperceber-se ao primeiro olhar das particularidades de um Mercedes-Benz 500 E com o motor V8 de 326 cv. Mas por dentro existiam muitas particularidades que