Renault desvenda concept EZ-FLEX para entregas urbanas

O Renault EZ-FLEX é um veículo compacto com dimensões exteriores otimizadas face ao volume útil de carga: com um comprimento (3,86m) e uma largura (1,65m) reduzidas, a altura (1,88m) permite o acesso aos parques subterrâneos.

A capacidade de carga de 3m3 é excecional para o seu volume total. O raio de viragem de 4,5 m permite uma excelente manobrabilidade, muito útil nas ruas dos centros urbanos.

No Renault EZ-FLEX tudo foi pensado para responder às necessidades do distribuidor. O interface homem-máquina inspira-se no universo dos smartphones, dispondo de serviços e aplicações ligadas ao veículo, mas também podendo incluir aplicações ligadas à atividade dos diferentes profissionais que o utilizem.

O carregamento de mercadorias foi otimizado, com uma altura ao solo ideal (760mm). Este automóvel foi concebido para permitir a inclusão, na zona de carga, de uma vasta diversidade de módulos que respondam às necessidades específicas dos diferentes utilizadores a quem será disponibilizado.

O Renault EZ-FLEX é elétrico e oferece uma autonomia de 100 km, perfeitamente adaptada às necessidades de distribuição em cidade (média de 50 km/dia para os veículos de distribuição em cidade).

Anterior Edition 1886 marca a estreia do EQC na rede de vendas da Mercedes-Benz
Próximo Novo furgão compacto da Toyota será assim...

Artigos relacionados

Volkswagen Passat GTE com preços a partir de 45.810 euros

A Volkswagen já anunciou os preços para o novo Passat GTE, a sua nova aposta ecológica com tecnologia híbrida Plug-in que possibilita uma condução com emissões zero, mas também prestações

Volvo XC60 em versão especial Dynamic Edition

O Volvo XC60 continua a ser um dos SUV mais competentes do nosso mercado, aliando versatilidade a eficiência e conforto, mas é também um dos modelos com uma longevidade bastante pronunciada em termos de mercado.

Honda revela versão de produção do FCV em Tóquio

A Honda prepara um rival à altura para o Toyota Mirai e vai revelar no Salão de Tóquio a versão de produção do FCV (nome provisório), equipado com motor alimentado