Opel vai descontinuar três modelos da atual gama

A Opel anunciou que quando os atuais Cascada, Adam e Karl terminarem o seu ciclo de vida, não terão sucessores. Mas nos próximos tempos vão surgir novas gerações para propostas importantes como o Corsa e o Mokka X.

Os contemplados nesta “dieta das propostas” são o descapotável Cascada (já ausente da gama nacional) e os citadinos Karl e Adam.

Quando terminarem o atual ciclo no mercado, não haverá novas gerações para estes três automóveis, o que significa que serão eliminados da oferta no final de 2019. São avançados vários motivos para esta decisão, entre os quais estão reduzir a complexidade de fabrico da marca, melhorar a eficiência da produção e também facilitar o cumprimento das metas de emissões para 2021.

Mas não se pense que a Opel vai “congelar” com os modelos atuais, pois estão a ser pensados três grandes lançamentos até final de 2020, de um total de oito propostas que serão novas ou renovadas. Além do muito aguardado Corsa de 2019, que terá uma versão 100% elétrica em 2020, também vai surgir uma nova geração do Mokka X dentro de dois anos.

Com este modelo a partilhar espaço no segmento dos SUV-B com o Crossland X, um dos objetivos será aumentar o distanciamento entre as duas propostas, evitando o possível fenómeno de canibalização das vendas. Além destes dois modelos, também o comercial Vivaro terá uma nova geração.

Anterior Ford inicia produção do furgão Streescooter Work XL
Próximo Volvo inaugura concessionário de topo em Lisboa

Artigos relacionados

Raikkonen foi o mais rápido do último dia de ensaios em Barcelona

A Ferrari terminou os ensaios de Barcelona, os primeiros da temporada, com Kimi Raikkonen a ser o mais veloz depois de Sebastian Vettel, o seu companheiro de equipa, ter sido

Renault já vendeu mais de 200 mil veículos elétricos na Europa

A Renault ultrapassou a fasquia dos 200 000 veículos elétricos vendidos na Europa desde 2011.

Lewis Hamilton vence na Rússia e aproxima-se do ‘tri’

Lewis Hamilton está um pequeno passo de se sagrar campeão de Fórmula 1 pela terceira vez na sua carreira, depois de hoje ter vencido o GP da Rússia, em Sochi,