Opel Grandland X híbrido ‘plug-in’ 2WD disponível para encomenda

A Opel prepara o lançamento no mercado do seu próximo modelo com motorização elétrica. Depois de abertas as encomendas do Opel Corsa-e e do Opel Grandland X Hybrid4 de tração integral, surge agora a vez do Grandland X na variante híbrida ‘plug-in’ com tração dianteira, que tem preços a partir de 46.720 euros. As primeiras unidades chegam em Abril.

Aliando um motor elétrico e um propulsor a gasolina 1.6 sobrealimentado, o sistema de motorização do Grandland X Hybrid debita potência máxima de 224 cv (165 kW) e binário máximo de 360 Nm.

O consumo médio obtido de acordo com a nova norma WLTP1 é de 1,5-1,4 l/100 km, com emissões de CO2 de 34-31 g/km. Em modo de funcionamento puramente elétrico, o novo Opel oferece autonomia até 57 quilómetros no ciclo WLTP (60 a 65 km no ciclo NEDC2).

A longa lista do equipamento de série no capítulo da segurança inclui importantes sistemas de assistência à condução como o alerta de colisão dianteira com deteção de peões e travagem de emergência, manutenção de faixa e deteção de cansaço do condutor. O sistema de informação e entretenimento IntelliLink Navi 5.0 possui um grande ecrã tátil policromático e garante total conectividade graças à compatibilidade com Apple CarPlay e Android Auto.

O sistema de motorização do Opel Grandland X Hybrid é formado por um motor térmico 1.6 de quatro cilindros, a gasolina, com injeção direta e turbocompressor, capaz de debitar 180 cv (133 kW), um motor elétrico de 81 kW (110 cv) e uma bateria de iões de lítio com 13,2 kWh de capacidade. O motor elétrico está acoplado na transmissão automática eletrificada de oito velocidades.

O motor de combustão interna intervém sobretudo quando o automóvel circula a velocidades médias e superiores, enquanto a secção elétrica é colocada em funcionamento na faixa de velocidades baixas a médias.

Vários estudos revelam que grande parte das deslocações diárias pendulares (casa-trabalho-casa) não ultrapassam 50 quilómetros de distância, o que quer dizer que, nesses casos, o novo híbrido ‘plug-in’ da Opel pode ser potencialmente utilizado permanentemente sem emissões.

O novo Opel Grandland X Hybrid oferece três modos de condução – “Elétrico”, “Híbrido” e “Sport” – que podem ser selecionados pelo condutor. No modo “Híbrido” o sistema de motorização seleciona automaticamente a opção de propulsão mais eficiente, permitindo mudar para modo puramente “Elétrico”, sem emissões, quando chega a um centro urbano. O modo “Sport” alia a potência de ambos os motores térmico e elétrico para garantir a máxima ‘performance’. O Grandland X Hybrid consegue acelerar de zero a 100 km/h em 8,9 segundos e alcançar a velocidade máxima de 225 km/h.

A bateria de 13,2 kWh do novo híbrido ‘plug-in’ da Opel pode receber carga através de um carregador de bordo de 3,7 kW (de série) ou, em opção, de 7,4 kW de potência. A tomada de corrente está localizada do lado oposto do bocal de enchimento de combustível. No sentido de otimizar o espaço no habitáculo e na bagageira, os módulos da bateria estão situados sob o banco traseiro.

Gama e preços
Opel Grandland X Hybrid PHEV GS Line AT8 46.720 €
Opel Grandland X Hybrid PHEV Ultimate AT8 51.120 €

2020 Opel Grandland X Hybrid

 

Anterior Tom Tom Connected Navigation and Maps de série nos Giulia e Stelvio
Próximo PEUGEOT cresce 4,7% em 2019 e reforça posições

Artigos relacionados

Ford melhora eficiência e tecnologia de Mondeo, S-Max e Galaxy

Melhorando alguns dos seus modelos face à concorrência cada vez mais forte, a Ford aplicou algumas alterações nos populares modelos Mondeo, S-MAX e Galaxy, tornando-os mais eficientes no consumo de

Volvo relança iniciativa Volvo Days

Os “Volvo Days” voltam a animar a rede de concessionários Volvo, de Norte a Sul do País. De 13 a 16 de Novembro, os visitantes poderão beneficiar de condições únicas em automóveis Volvo novos e até 4 anos de garantia em usados Volvo Selekt.

Alexander Rossi substitui Roberto Merhi na Manor

Enquanto negoceia com a Mercedes-Benz para uma potencial parceria em 2016 com vista ao fornecimento dos motores germânicos, a Manor anunciou que vai contar com Alexander Rossi para cinco dos