Opel desenvolve Corsa elétrico para ralis

A Opel é o primeiro fabricante automóvel no mundo a criar um modelo elétrico a bateria para provas de rali.

Trata-se de um automóvel baseado no Opel Corsa-e, que já está disponível para encomenda e tem estreia marcada para o Salão de Frankfurt (12 a 22 de setembro). Com o Corsa-e Rally, a Opel e o ADAC, o automóvel clube alemão, vão colocar na estrada, já em 2020, o ADAC Opel e-Rally Cup, aquela que é a primeiríssima competição de marca para automóveis elétricos.

Neste troféu, a Opel e o ADAC dão continuidade a uma parceria de sucesso. Nos anos mais recentes, o ADAC Opel Rally Cup serviu de trampolim a cerca de 100 jovens pilotos oriundos de 18 países.

Os mais rápidos tiveram oportunidade de mostrar o seu talento a nível internacional integrando o ADAC Opel Junior Rally Team. Estes jovens venceram por quatro vezes consecutivas o Campeonato Europeu de Ralis na classe R2, nos anos de 2015 a 2018, ao volante dos Opel ADAM da equipa oficial da marca.

Em 2020, o novo Corsa-e substitui o ADAM nas provas. O novo automóvel elétrico de competição debita 136 cv de potência e 260 Nm de binário imediato.

Depois da participação nas provas da academia e do troféu ADAC Opel e-Rally Cup, os jovens pilotos que obtiverem as melhores classificações sobem de categoria para competir no Campeonato Europeu Junior de Ralis ao volante do novo Opel Corsa R2.

A integração da Opel no Groupe PSA abre novas possibilidades a jovens pilotos talentosos: a marca-irmã Peugeot compete com máquinas potentes na categoria FIA R5 e a Citroën até na classe de topo WRC – excelentes oportunidades para chegar ao nível mais alto da competição internacional de ralis.

Opel Corsa-e Rally – Principais características técnicas

Motor elétrico
Síncrono
Potência
100 kW (136 cv)

Binário
260 Nm
Bateria
Iões de lítio, 50 kWh

Transmissão
Tração às rodas dianteiras, com diferencial Torsen

Suspensão
McPherson à frente; molas e amortecedores de competição

Rodas
Jantes 7×17; ET20

Direção
Assistência elétrica

Travões
Pinças de quatro pistões; discos ventilados, 332×28 mm à frente, 264×12 mm atrás;
Sistema de travagem com recuperação de energia;
Pressão hidráulica de travagem ajustável nas rodas traseiras;
Travão de mão hidráulico, de tipo ‘fly-off’

Chassis / Carroçaria
Construção de baixo peso, com estrutura de segurança ‘roll-cage’ integrada;
Proteções inferiores para motor e transmissão;
Sistema de extinção de incêndio; abertura rápida de capô do motor e tampa da mala

Sistema elétrico
ESP, controlo de tração e ABS desativados;
Painel de instrumentos específico de competição;
Sistema especial de alerta de segurança para alta voltagem;
Opcional: ‘Tripmaster’ e faróis adicionais

Dimensões: Comprimento: 4,060 m; Largura: 1,770 m (mais 5 mm do que na versão de produção); Altura: 1,440 m (mais 5 mm); Distância entre eixos: 2,540 mm (mais 2 mm.

 

Anterior Audi mostra nova geração da RS6 Avant
Próximo Hyundai mostra rumo de futuro com o concept 45

Artigos relacionados

Audi Q2 já disponível com preços a partir dos 29.990 euros

Idealizado como um modelo jovial, dinâmico e irreverente, o novo Audi Q2 chega agora ao mercado nacional.

Skoda Citigo com novo estilo para 2017

Tal como sucedeu com o Volkswagen up! recentemente, também o Skoda Citigo será sujeito a uma atualização de meio de ciclo.

Renault aposta forte no motor 1.7 Blue dCi em toda a gama

A Renault deu início a uma completa renovação na gama de motores a diesel. O lançamento do novo motor 1.7 Blue dCi nos modelos Mégane e Mégane Sport Tourer, nos familiares Scénic e Grand Scénic, no crossover Kadjar e nos topo de gama Talisman e Talisman Sport Tourer