Novos concepts da gama 40 mostram direção a seguir pela Volvo

Novos concepts da gama 40 mostram direção a seguir pela Volvo

A ofensiva da Volvo parece continuar em toda a linha. Depois da renovação dos XC90 e dos S90/V90, a marca sueca revelou hoje dois concepts que antecipam a chegada de dois importantíssimos modelos compactos para a estratégia de expansão da Volvo a nível global.

Estes modelos, combinam design exterior e interior arrojado, níveis de conectividade avançados, alternativas de motorização elétrica e tecnologia de condução autónoma. Pertencentes à nova série 40, os novos concepts demonstram, pela primeira vez, as diretrizes da Volvo com vista à sua expansão neste segmento de mercado.

Como grande novidade surge o facto de estes futuros modelos terem por base a nova plataforma CMA – Compact Modular Architecture, criada especialmente pela Volvo para veículos de menores dimensões e que permitiu aos designers e engenheiros da marca explorar novas vertentes.

“Cada membro da nossa gama de produtos tem o seu próprio caráter distinto, assim como os membros de uma família real. A CMA tem ajudado a capturar algo especial, algo jovem nos nossos novos Concept. Eles têm uma energia e uma personalidade urbana envolvente que fazem com que se destaquem na multidão. Esta é uma pequena amostra dos pequenos Volvo que virão a seguir”, destacou Thomas Ingenlath, Vice-Presidente Senior da área de Design da Volvo.

Estratégia elaborada

A estratégia da Volvo para modelos compactos é essencial na transformação operacional e financeira que a marca tem já em curso, a nível mundial. Atualmente, a empresa encontra-se a implementar um plano de revitalização ambicioso, que irá, nos próximos quatro anos, reposicionar a Volvo para competir com os seus concorrentes Premium.

“Os novos modelos da série 40 terão o potencial de melhorar a nossa penetração num importante segmento de mercado crescente. Um programa onde se inclui um novo plug-in hybrid bem como um carro totalmente elétrico é central para a arquitetura CMA. Prevemos iniciar a produção do primeiro modelo da nova série 40 já em 2017”, referiu Hakan Samuelsson, CEO e Presidente da Volvo, acerca destes dois novos modelos.

Em linha com o compromisso da empresa para a eletrificação, a gama mais compacta irá incluir um veículo totalmente elétrico, bem como diversas variantes híbridas plug-in, tendo por objetivo contribuir para o total de 1 milhão de veículos elétricos nas estradas até 2025.

“Ao tomarmos uma abordagem modular quer na arquitetura quer no desenvolvimento de novos propulsores conseguimos ultrapassar muitos concorrentes no segmento Premium. A nossa nova variante elétrica irá abrir mais um capítulo emocionante na história da Volvo”, destacou, por seu turno, Peter Mertens Vice-Presidente Senior da área de Research & Development.

O anúncio destes novos concepts e da estratégia da Volvo para o segmento dos pequenos compactos vem na sequência de um forte início de ano para a marca em vendas e em resultados financeiros. No primeiro trimestre do ano, a Volvo anunciou um crescimento de 24 por cento na sua receita líquida que aumentou para 41.7bn coroas suecas (aproximadamente 4,5 mil milhões de euros) gerando um lucro operacional de 3.145bn coroas suecas (aproximadamente 334,6 milhões de euros) e uma margem de lucro operacional foi de 7,5 por cento. Durante esse período, as vendas mundiais cresceram 11,9 por cento atingindo as 120.591 unidades.

Anterior Hyundai recruta antigo líder de Design da Bentley
Próximo Honda confirma apenas McLaren como equipa a fornecer para 2017

Artigos relacionados

Toyota revela novos C-HR, Proace e Hilux em Genebra

A Toyota vai apresentar em Genebra a versão de produção do protótipo C-HR Concept ea nova Hilux e Proace SB, num total de três novos modelos destinados ao mercado europeu.

Super Bock Super Rock conta com o Toyota Aygo

A Toyota associou-se, uma vez mais, como “Carro Oficial”, ao festival Super Bock Super Rock, que decorre entre 13 e 15 de julho no Parque das Nações, em Lisboa.

Tecnologia autónoma ProPILOT da Nissan estreia-se no outono

Os novos Nissan Serena, com lançamento agendado para o outono no Japão, vão introduzir a primeira geração do sistema ProPILOT de tecnologias de condução autónoma, com capacidade de gerir o

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário