Nissan apresenta pilha de combustível a bioetanol

Nissan apresenta pilha de combustível a bioetanol

Naquele que poderá ser um grande passo em frente para a mobilidade sustentada, a Nissan anunciou a investigação e desenvolvimento de um sistema de propulsão por pilha de combustível de óxido sólido (SOFC) que funciona com eletricidade obtida a partir de bioetanol.

Este novo sistema – o primeiro a nível mundial no setor automóvel – consta de uma pilha de combustível de bioetanol com um gerador elétrico SOFC e usa a reação de vários combustíveis incluindo o etanol e o gás natural com o oxigénio para gerar eletricidade.

A pilha de combustível de bioetanol gera eletricidade através do gerador elétrico (SOFC) usando o bioetanol armazenado no veículo. O sistema utiliza hidrogénio transformado a partir de combustível mediante um reformador e o oxigénio atmosférico, provocando uma reação eletroquímica que produz eletricidade para mover o veículo.

Diferentemente dos sistemas convencionais, a pilha de combustível de bioetanol usa o SOFC como a sua fonte de energia, assim alcançando maior eficiência elétrica para oferecer ao veículo uma autonomia similar à dos modelos a gasolina (mais de 600 quilómetros). Além disso, permite também manter as prestações de condução elétrica pura (VE).

Os sistemas com pilha de combustível utilizam produtos químicos que reagem com o oxigénio, gerando assim eletricidade sem libertar emissões nocivas. Os combustíveis derivados de bioetanol como os provenientes da cana de açúcar e do milho estão disponíveis em países da América do Norte e do Sul, mas também na Ásia, podendo servir de solução de transporte mais amiga do ambiente, tendo ainda uma infraestrutura de abastecimento mais extensa.

Frances Corberó, Diretor de Comunicação de Nissan em Espanha e Portugal, refere que “o desenvovimento de novas tecnologias ao serviço da mobilidade sustentável é uma prioridade absoluta. Este novo sistema de propulsão por pilha de combustível de bioetanol é um novo feito que nos oferece um enorme leque de soluções para continuar a reduzir as emissões”.

No futuro, a marca prevê que a pilha de combustível de bioetanol ficará mais perto de ser uma solução para todos os condutores. A água, misturada com o etanol é mais fácil e segura de utilizar do que a maioria dos outros combustíveis. Uma vez que não será necessária uma nova infraestrutura de abastecimento, tem um maior potencial de crescimento no mercado.

Anterior MINI John Cooper Works Challenge: O 'extremista'
Próximo O MINI Vision Next 100 visionário… de uma nova era!

Artigos relacionados

Volkswagen Golf GTI Clubsport já disponível para encomenda

Marcando o 40.º aniversário do Golf GTI, a Volkswagen concedeu a este compacto desportivo o seu próprio modelo especial, o Golf GTI Clubsport. Este novo modelo encontra-se já disponível para

Mazda CX-5 chega em setembro e já foram revelados preços

A Mazda já divulgou preços para o mercado nacional do novo CX-5. O SUV chega em setembro deste ano com os motores 2.2 Skyactiv-D com versões de 150 e 175 cv.

SEAT Leon Cupra ganha ‘pozinhos’ de potência e mais tecnologia

Com 9.000 unidades vendidas em 2016 em todo o mundo (das quais 8.300 entregues na Europa) o sucesso do SEAT Leon Cupra fica bem patente.

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário