Grupo PSA e Grupo FCA querem criar quarto maior construtor mundial

As discussões em curso abrem caminho à criação de um novo grupo com uma dimensão e recursos de envergadura mundial, detido em 50% pelos acionistas do Groupe PSA e em 50% pelos acionistas da FCA.

Num ambiente em rápida mutação, em que se enfrentam novos desafios em matéria de mobilidade conectada, eletrificada, partilhada e autónoma, a nova entidade conjunta poderia tirar partido da sua forte pegada mundial de Pesquisa e Desenvolvimento e do seu ecossistema, para acelerar a inovação e enfrentar esses desafios com agilidade e eficiência económica.

A união levaria à criação do 4º maior construtor mundial em termos de vendas anuais (8,7 milhões de veículos).
À data da sua criação, as margens da nova entidade conjunta estariam entre as mais elevadas dos mercados onde operaria, suportadas pela força da FCA na América do Norte e América Latina e do Groupe PSA na Europa.

A nova entidade combinarias as forças das respetivas marcas dos dois grupos nos segmentos do luxo, premium, veículos de passageiros generalistas, SUV, pesados e veículos comerciais ligeiros, tornando-as mais fortes no seu conjunto.

A entidade resultante desta fusão reuniria as competências alargadas e crescentes dos dois grupos nas tecnologias que suportam a nova mobilidade sustentável, incluindo cadeias de tração eletrificadas, automóveis autónomos e tecnologias digitais e conectadas.

As sinergias anuais estão estimadas em cerca de 3.700 milhões de euros, sem encerramento de fábricas.
Uma equipa de gestão conjunta, de elevada reputação, reconhecida pela sua criação de valor excecional e de sucesso comprovado em anteriores operações de fusão.

O Conselho de Administração da casa-mãe holandesa contaria com uma representação equilibrada, com uma maioria de administradores independentes. John Elkann como Presidente do Conselho de Administração (Chairman) e Carlos Tavares como Diretor Geral (CEO) e Membro do Conselho de Direção.

Anterior Startup portuguesa testa 5G da vodafone ao volante do Renault ZOE
Próximo Citroën avança com ofensiva elétrica no segmento dos veículos comerciais

Artigos relacionados

SIVA assume compromisso de mobilidade sustentável em Lisboa

O World Business Council for Sustainable Development (WBCSD), a Câmara Municipal de Lisboa, o BCSD Portugal, e mais de meia centena de empresas – nas quais se inclui a SIVA – fizeram ontem história ao assinar o primeiro Pacto de Mobilidade Empresarial (CMP) com a cidade de Lisboa.

Volvo celebra 90 anos com campanha para o XC60

A marca arrancou com uma campanha esta semana em Portugal em que o XC60 surge com uma série de equipamento especial com um preço mais acessível.

Peugeot 5008 prestes a chegar ao mercado: Espaço e tecnologia

O novo Peugeot 5008 prepara-se para entrar no mercado português, estando o seu lançamento agendado para o penúltimo fim de semana deste mês.