Futuro hiperdesportivo da Mercedes-AMG com potência em redor dos 1.000 cv

Futuro hiperdesportivo da Mercedes-AMG com potência em redor dos 1.000 cv

Confirmado ainda antes do início do Salão de Paris, o futuro hiperdesportivo da Mercedes-AMG deverá ter uma potência a rondar os 1.000 cv, conforme reporta a revista britânica Autocar, um valor que surge em proximidade com aquele apresentado pelos monolugares atuais de Fórmula 1, nos quais será baseada a tecnologia a constar do futuro modelo híbrido.

Segundo Tobias Moers, responsável máximo da Mercedes-AMG, a potência máxima de 1.000 cv é já suficientemente relevante para um modelo de estrada, tanto mais que o foco estará na redução do peso e não numa escalada da potência máxima. Com recurso à fibra de carbono e a outros materiais exóticos, a Mercedes-AMG considera ter a capacidade de produzir um rival à altura para o futuro Aston Martin AM-RB 001 e Bugatti Chiron, este último com 1.500 cv de potência.

Ainda que inspirado pela unidade híbrida que a companhia utiliza na Fórmula 1, o motor deverá ser substancialmente diferente para ganhar fiabilidade, devendo manter-se a configuração V6 com apenas 1.6 litros de cilindrada, mesmo que esta última característica não esteja ainda confirmada. Ao todo, deverão serão produzidos entre 200 a 300 exemplares com entregas esperadas para o ano de 2018. Um primeiro concept deverá surgir num dos dois grandes salões europeus de 2017.

Anterior Jaguar I-Pace será produzido pela Magna Steyr
Próximo Mazda CX-4 definitivamente fora da Europa

Artigos relacionados

Nova VW Amarok será desenvolvida em parceria com a Ford

O Grupo VW assinou um acordo inicial com a Ford que promete desenvolver a sucessora da Amarok.

Nissan Leaf e UVE uniram Lisboa a Marraquexe

A Nissan aliou-se à Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos (UVE) para provar que os automóveis elétricos já não são apenas uma solução de mobilidade para as grandes cidades.

Nissan já entregou o seu Leaf número 300 mil

A Nissan anunciou que a empresa vendeu o seu Nissan Leaf n.º 300 mil a nível global desde que o modelo foi colocado à venda em 2010.