BMW mostra X5 e X7 M50i

Os novos SUV X5 e X7 da BMW ganharam versão M50i, a mais potente da gama. O motor é o V8 de 4,4 litros (N63) twin-turbo que recebeu algumas melhorias debitando agora 530 CV.

Face aos atuais X5 e X7 xDrive50i, o aumento de potência é de 67 CV e 77 Nm. A caixa é a Steptronic de 8 velociades e está encarregda de distribuir a potência pelas quatro rodas.

O X5 acelera dos 0 aos 100 km/h em 4,1 segundos enquanto o X7 faz o mesmo percurso em 4,5 segundos. A velocidade máxima é de 250 km/h.

Para além do aumento de potência, este veículos receberam ainda afinações ao nível da suspensão, que de acordo com os responsáveis da marca “se ajustam ao aumento de performance destes carros”. Desta forma, o X5 M50i vem equipado de série com a ‘Adaptative M Suspension’, que alterna entre os modos ‘Confort’ e ‘Sport’, ajustando-se ás preferências do condutor.

Por sua vez, o x7 M50i traz se série uma suspensão pneumática de eixo duplo desenhada para uma melhor distribuição de cargas. A produção destes BMW X5 M50i e X7 M50i terá inicio em Agosto, sendo que as primeiras unidades estão previstas para ser entregues em outubro.

Anterior Este é o Arkana, o SUV Coupé da Renault que vai ser vendido só na Rússia
Próximo Jeep Renegade ganha nova série especial "S"

Artigos relacionados

Mercedes-Benz On The Road chega a Vilamoura em agosto

O próximo Roadshow Mercedes-Benz vai decorrer entre os dias 9 e 18 de agosto, na Marina de Vilamoura, este ano com um horário alargado para o período das 11h às 13h e das 17h às 24h.

Nissan, KEPCO e Sumitomo Electric lançam programa-piloto de Central Elétrica Virtual (VPP)

A Nissan Motor Co., Ltd., a Kansai Electric Power Co., Inc. (KEPCO) e a Sumitomo Electric Industries, Ltd. acabam de iniciar um teste em situação real de ferramentas para gerir por controlo remoto o carregamento e devolução de energia à rede por veículos elétricos.

Todos os Mercedes AMG vão ter tração integral

Tobias Moers, diretor da divisão de performance da Mercedes-Benz, afirmou numa entrevista à Autocar que todos os AMG vão passar a ter tração intergral.