BMW mantém Série 1 Sedan fora da Europa

Sendo o mercado chinês particularmente adepto de carroçarias de estilo sedan, a BMW acredita que essa mesma ‘paixão’ não é repartida por muitos outros mercados, como o europeu. Essa mesma ideia parece estar na ideia da marca bávara de não oferecer o seu Série 1 Sedan fora da China, onde é agora unicamente vendido.

Com a Audi a ganhar alguma popularidade com a chegada do seu A3 Sedan e com a Mercedes-Benz a ter também na calha um Classe A sedan – que não o CLA -, depressa se gerou a ideia de que a BMW poderia ter no Série 1 Sedan a sua resposta para entrar num segmento de que nem todos os países são entusiastas, mas uma fonte da marca de Munique disse à revista Autocar que não existe “quaisquer planos imediatos de vender a berlina Série 1 fora da China”.

Contudo, a razão não está apenas em questões de mercado, mas também no facto de que o Série 1 Sedan poderia vir a ‘canibalizar’ as vendas do Série 3, algo que não é do interesse da companhia germânica.

Anterior Novo BMW M5 está cheio de 'Need for Speed'...
Próximo Toyota impõe ritmo no dia de testes em Le Mans

Artigos relacionados

Skoda mostra Citigo-e, o primeiro elétrico da marca checa

Com base no Citigo, a Skoda vai lançar um carro elétrico com 82 cv e uma bateria de iões de lítio de 36,8 kWh que permite uma autonomia de 265 km no ciclo WLTP.

Lexus mostra iate de luxo LY 650 Luxury

Lexus mostra novo protótipo de um iate que vai ser lançado no segundo semestre de 2019

Hyundai desenvolve tecnologia Active Shift Control para híbridos

A Hyundai desenvolveu a primeira tecnologia Active Shift Control (ASC) no mundo.