BMW estreia motor quadriturbo Diesel no Série 7

BMW estreia motor quadriturbo Diesel no Série 7

A BMW revelou todos os pormenores do seu novo motor Diesel de quatro turbos para o topo de gama Série 7. Após a sua apresentação ‘à porta fechada’ no Simpósio de Viena dedicado a novos motores, este bloco de 3.0 litros com seis cilindros em linha e injeção direta aliada a quatro turbos irá surgir nos 750d xDrive e 750Ld xDrive, em ambos os casos com o mesmo valor de potência, ou seja, 400 cv e 760 Nm de binário máximo.

Desenvolvido com base na geração mais moderna dos blocos TwinPower Turbo, a BMW adianta que este novo motor integra algumas das mais avançadas tecnologias em termos de motorizações, afiançando que este é o motor de seis cilindros mais potente do mundo. Dos 760 Nm de binário preconizados para este motor, mais de 450 Nm estão disponíveis logo na faixa das 1.000 rpm, sendo que o máximo surge um pouco mais adiante, entre as 2.000 e as 3.000 rpm.

Associado a caixa automática de oito velocidades e tração integral xDrive para lidar com o binário mais elevado e, sobretudo, com as necessidades de o ter à disposição de forma mais premente e suave, o motor permite ao 750d acelerar dos 0 aos 100 km/h em 4,6 segundos (mais 0,1 segundo para a versão de distância entre eixos longa), o que prefigura uma melhoria de 0,3 segundos em comparação com os modelos precedentes.

O motor conta com quatro turbocompressores, agrupados em dois pares – de baixa pressão e de alta pressão – com a BMW a explicar que três deles funcionam de forma contínua: os dois de baixa pressão e um de alta pressão, cabendo ao quarto turbo e segundo de elevada pressão a utilização apenas em acelerações vigorosas e em redor das 2.500 rpm.

A marca assegura, ainda, uma melhoria da eficiência em 11 por cento, com uma média de consumo entre os 5,7 e os 5,9 l/100 km e emissões de 149 a 154 g/km de CO2, dependendo das especificações dos pneus.

A sua chegada aos mercados Europeus terá lugar no início do verão, ou seja, julho.

Anterior Citroën prossegue testes do novo WRC no Algarve
Próximo Audi terá um modelo elétrico por ano a partir de 2018

Artigos relacionados

Citroën C4 Picasso autónomo passa portagem sem ajuda do condutor

Pela primeira vez, um veículo autónomo cruzou um corredor de portagem na rede de autoestradas gaulesas VINCI Autoroutes.

Lewis Hamilton garante pole na Áustria em qualificação atribulada

Numa sessão disputada em condições atmosféricas de grande instabilidade, Lewis Hamilton (Mercedes) garantiu a pole position para o GP da Áustria, levando a melhor na fase final após muita indecisão.

Nissan, KEPCO e Sumitomo Electric lançam programa-piloto de Central Elétrica Virtual (VPP)

A Nissan Motor Co., Ltd., a Kansai Electric Power Co., Inc. (KEPCO) e a Sumitomo Electric Industries, Ltd. acabam de iniciar um teste em situação real de ferramentas para gerir por controlo remoto o carregamento e devolução de energia à rede por veículos elétricos.

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário