Anders Gustafsson explica aposta da Volvo na segurança, tecnologia e eficiência

Anders Gustafsson explica aposta da Volvo na segurança, tecnologia e eficiência

A Volvo tem o seu rumo já bem definido em direção ao futuro. De passagem pelo nosso país, Anders Gustafsson, vice-presidente da Volvo Cars para a região EMEA, elogiou a prestação da marca no mercado nacional e explica que a Volvo vai consolidar a aposta na segurança e mobilidade alternativa.

Num conversa informal que se realizou na passada sexta-feira no Estoril, Gustafsson começou por fazer referência ao bom momento atual que a Volvo atravessa a nível mundial perspetivando os objetivos da marca a médio/longo prazo.

Nos próximos anos, a Volvo irá remodelar completamente a sua gama de automóveis numa renovação iniciada em 2015 com o XC90 e que prosseguirá este ano com os novos S90/V90.

De facto o novo XC90 será mesmo, dentro de um período de três ou quatro anos, o modelo mais antigo da marca que tem vindo a desenvolver novas plataformas que permitirão a concretização deste elevado ritmo de lançamento de novos modelos.

As Plataformas SPA – Scalable Product Architecture e CMA – Compact Modular Architecture (CMA) irão servir, respetivamente para as series 90 e 60 e para a série 40 da qual, os novos concept foram revelados igualmente a semana passada. Todos estes novos modelos irão incorporar versões híbridas e alternativas de motorização elétrica. Recorde-se que, até 2025, a Volvo pretende atingir 1 milhão de unidades vendidas a nível mundial

Foco no crescimento e na segurança

Depois de ter referido a importância do mercado português e de elogiar o crescimento que a Volvo tem evidenciado no mesmo nos últimos anos, Anders Gustafsson mostrou-se confiante em atingir o objetivo a médio prazo de 800.000 unidades vendidas anualmente a nível mundial. Para isso, além da renovação da gama, a Volvo está também a produzir novas fábricas e a reestruturar a sua estrutura de negócios.

Interrogado sobre como será o automóvel de sonho dentro de 20 anos, Gustafsson teceu em resposta que o mesmo será “um que seja capaz de oferecer as melhores soluções ao nível de conectividade, condução autónoma e segurança e que a Volvo está desde já a dar os passos corretos para a concretização de todos estes requisitos”

Destaque ainda para a referência feita à Visão 2020 da marca na qual ninguém perderá a vida ou ficará gravemente ferido num novo Volvo a partir desse ano.

Anterior Koenigsegg trabalha em motor inovador de 1.6 litros com 400 cv
Próximo BMW Hommage 2002 Concept: O ícone nos tempos modernos

Artigos relacionados

Yamaha apresenta Sports Ride Concept

A Yamaha tarda em entrar no mercado automóvel e ainda não é certo que o faça, mas o novo concept apresentado no Salão de Tóquio ‘abre o apetite’ para aquele

Presença da Honda no Salão Automóvel de Genebra: Híbrida, Elétrica e Desportiva

A Honda apresentará a gama dos seus mais recentes veículos e conceitos no Salão Automóvel de Genebra, que se realiza entre 8 e 18 de março de 2018.

Luís Simões renova frota de veículos com 300 novos equipamentos Toyota

A Luís Simões renovou em Portugal a sua frota de veículos de movimentação de carga com 300 novos equipamentos da Toyota, com um investimento de 5 milhões de euros.

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário