Aliança Renault-Nissan cede frota de elétricos para conferência sobre o clima

Aliança Renault-Nissan cede frota de elétricos para conferência sobre o clima

A Aliança Renault-Nissan, enquanto entidade parceira oficial da Conferência das Nações Unidas para o Clima (COP 21), vai fornecer a maior frota do mundo de veículos eléctricos para uma conferência internacional.

No seu conjunto estes veículos irão percorrer mais de 400.000 km com zero emissões e estarão afetos ao transporte dos delegados presentes na 21ª Conferência Anual das Partes (chamada COP 21) onde são esperados mais de 20.000 participantes, acreditados pela ONU, e provenientes de 195 países.

A frota do COP 21 será composta pelo Renault ZOE, Nissan LEAF e Nissan e-NV 200 na versão de sete lugares. Estes automóveis estarão à disposição dos delegados todos os dias e a qualquer hora. Pela primeira vez as Nações Unidas irão utilizar uma frota zero emissões 100% eléctrica para assegurar o transporte dos delegados numa cimeira sobre o clima.

“Os veículos elétricos são o modo de transporte que melhor permite reduzir as emissões de CO2 e os outros poluentes atmosféricos melhorando assim a qualidade do ar das nossas cidades. Em conjunto, os sectores públicos e privados podem acelerar a transição para uma sociedade zero emissões”, declarou Carlos Ghosn, presidente da Aliança Renault-Nissan.

Além disso, no mês de junho, a Aliança lançou um concurso para os seus colaboradores da região de Paris oferecendo-lhes a possibilidade de participarem na cimeira COP 21 como condutores da frota de automóveis 100% elétricos. Dos mais de 450 candidatos foram escolhidos 200 que tiveram um programa de formação específica para se prepararem para este evento.

Anterior Maserati Levante deixa-se ouvir em Nürburgring
Próximo Mercedes-Benz Vision Tokyo em formato 'anime'

Artigos relacionados

Skoda prepara modelo elétrico para 2020

Empenhada na sua gama de SUV, da qual o VisionS (na foto) será o primeiro grande representante, a Skoda parece também interessada em explorar o filão dos modelos elétricos, tirando

Novo Toyota Auris deixa de ter opção Diesel

Em dia de estreias no Salão de Genebra, a Toyota mostrou a nova geração do Auris pronta para ser lançada no decorrer deste ano.

Honda ‘apontada’ à Sauber; Red Bull garante motores para 2016

Tradicionalmente, a ‘dança das cadeiras’ no Mundial de Fórmula 1 envolve essencialmente pilotos e, mais raramente, engenheiros proeminentes, mas o final da temporada de 2015 foi pródiga em notícias relativas

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário