Alfa Romeo Giulia desdobra-se em versões Veloce

Alfa Romeo Giulia desdobra-se em versões Veloce

A Alfa Romeo continua a fazer valer a comoção em torno do novo Giulia para apresentar novas variantes desse modelo no Salão de Paris, variando entre a tónica desportiva e a ecológica. O destaque vai para as variantes Veloce (uma delas estreia cor azul Misano), com duas opções de motorização, uma a gasolina e outra Diesel.

O Giulia Veloce a gasolina equipa um novo bloco 2.0 turbo de 280 cv e 400 Nm de binário, enquanto o modelo Diesel recorre ao 2.2 de 210 cv e 470 Nm de binário, surgindo ambos associados a caixa automática de oito velocidades e tração integral Q4 para prestações mais impactantes.

Estes modelos Veloce, posicionados entre os níveis Super e Quadrifoglio Verde (QV), demarcam-se por elementos diferentes como os para-choques mais agressivos, apontamentos em preto brilhante nas portas e extrator traseiro com saídas de escape duplas integradas. No interior, predomina o couro em preto e bancos desportivos, além de volante desportivo com pega distinta e inserções em alumínio no tabliê, consola central, painéis das portas e nos faróis com tecnologia xénon.

Por outro lado, nota para o Giulia ‘Advanced Efficiency’, que tem particularidades técnicas e aerodinâmicas para ser mais eficiente. O Giulia AE, que estará disponível a partir do próximo ano para as versões Giulia e Giulia Super, tem por base o motor 2.2 Diesel de 180 cv com caixa automática de oito velocidades. A Alfa Romeo aponta um consumo médio de 4,2 l/100 km e apenas 99 g/kmm de CO2 em ciclo misto.

Tecnicamente, distingue-se por alterações na válvula de recirculação de gases (EGR), intercooler arrefecido a água e ar e um sistema secundário de arrefecimento do motor, além de rácio específico da caixa. Jantes específicas de 16” e novos perfis aerodinâmicos no para-choques e no fundo da carroçaria contribuem para um coeficiente de arrasto de 0.23, melhorando desta forma a sua eficiência. A aceleração dos 0 aos 100 km/h faz-se em 7,2 segundos, ao passo que a velocidade máxima situa-se nos 230 km/h.

Os Giulia Super também estarão presentes em Paris, com motores 2.2 Diesel de 180 cv e 2.0 a gasolina de 200 cv, ambos com caixa automática de oito velocidades e tração traseira. O mais potente Giulia QV com motor V6 de 510 cv também não faltará, este com acessórios originais para reforçar o seu cunho dinâmico.

A restante gama também irá a Paris: MiTo, Giulietta e 4C Coupe/Spider, todos eles com pequenas atualizações ou novidades que visam melhorar os seus atributos. Destes, realce para os MiTo Veloce e Giulietta Veloce, o primeiro com motor 1.4 MultiAir de 170 cv com caixa TCT de dupla embraiagem e, o segundo, com motor 1.750 de 240 cv igualmente associado a caixa TCT.

Anterior Hyundai RN30 Concept: O lado desportivo da Hyundai bem à mostra
Próximo Smart revela gama totalmente elétrica no Salão de Paris

Artigos relacionados

Volvo inicia parceria com a fundação EDP

A Volvo não só será o carro oficial do Museu de Arte Arquitetura e Tecnologia e da Central Tejo/Museu da Eletricidade como também tem planos para dinamizar esta parceria já a partir da primavera com instalações que possam ativar a sua presença no local.

Red Bull erra e Lewis Hamilton vence GP do Mónaco

Colocou as ‘fichas’ todas numa aposta estratégica arriscada e acabou por merecer a ‘sorte grande’. O campeão Lewis Hamilton chegou ao GP do Mónaco sob pressão depois de ainda não

BMW vai apresentar versão revista do 2002 Concept em Monterey

Em ano de centenário, a BMW vai apresentar no decurso da Semana Automóvel de Monterey uma evolução do seu concept 2002 Hommage, apresentado em maio no Concurso de Elegância de