Lewis Hamilton na pole position para o GP da Austrália em sessão ‘morna’

Lewis Hamilton na pole position para o GP da Austrália em sessão ‘morna’

A Mercedes e Lewis Hamilton dominaram a sessão de qualificação para o primeiro grande prémio do ano do Mundial de Fórmula 1, o campeão do mundo a registar a pole position para o GP da Austrália numa sessão que estreou o novo formato de qualificação, já bastante criticado pela falta de interesse competitivo na derradeira e decisiva fase (a Q3).

Naquele que foi o primeiro treino de qualificação com formato eliminatório, acabou por ser Hamilton a levar a melhor na Q3, batendo o seu companheiro de equipa, Nico Rosberg, por 0,360s, sendo igualmente o único a rodar dentro do segundo 23.

Os últimos três minutos finais da sessão ficaram marcados por uma ausência impressionante de ação em pista, com a Ferrari a optar por não ir para a pista numa forma de guardar pneus para a corrida, acabando a diferença entre o melhor dos Mercedes e o melhor dos ‘outros’, que foi Sebastian Vettel, por ser de quase um segundo (0,838s), ao passo que a resposta da equipa de Maranello ficou consolidada com a presença de Kimi Raikkonen na quarta posição, este já a mais de um segundo.

Contra todas as expectativas, acabou por ser Max Verstappen com um Toro Rosso a firmar a quinta posição, logo à frente do Williams de Felipe Massa e do outro Toro Rosso de Carlos Sainz Jr, naquele que foi um interessante resultado de conjunto para a formação de Faenza. Daniel Ricciardo, a jogar ‘em casa’, obteve apenas o oitavo lugar com o Red Bull.

Os dois Force India ficaram com as duas últimas posições do top-10, com Sergio Perez a ficar à frente de Nico Hulkenberg, ao passo que o segundo Williams, de Valtteri Bottas, vai partir para a corrida inaugural da época da 11ª posição, tendo errado na sua tentativa decisiva. Os McLaren tiveram uma sessão tremendamente mais positiva do que as do ano passado, com Fernando Alonso na frente de Jenson Button, com a dupla da Renault logo atrás, aqui com a surpresa do estreante Jolyon Palmer ser mais rápido do que Kevin Magnussen.

Mais cinzenta foi a qualificação do russo Daniil Kvyat, com o piloto da Red Bull a não ir além do 18º posto, atrás da parelha da Sauber. Quanto aos estreantes da Haas, tanto Romain Grosjean (19º) como Esteban Gutierrez (20º) conseguiram não ficar com a última fila da grelha, a qual ficará, por sua vez, para os Manor.

Anterior Mundial de F1 está de volta: Quem bate a Mercedes?
Próximo Nova qualificação de F1 fortemente criticada

Artigos relacionados

Volvo V90 Cross Country com otimização Polestar

A Volvo revelou a nova linha de elementos de personalização Polestar para a recém-lançada V90 Cross Country, disponibilizando as melhorias tanto para os motores Diesel D4 e D5 como para o gasolina T6.

Ferrari LaFerrari: Sete milhões de dólares para fins de solidariedade

A Ferrari angariou sete milhões de dólares com o leilão da unidade número 500 do LaFerrari, a qual foi especialmente produzida para este efeito numa forma de ajudar as vítimas dos sismos no centro de Itália, ocorridos nos últimos meses.

Volkswagen Multivan PanAmericana: Aventureira por natureza

Pretendendo afirmar-se como uma altrnativa versátil e robusta, a nova Volkswagen Multivan PanAmericana chega ao mercado nacional em maio deste ano. Este modelo não só se demarca pela utilização adequada

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário