Opel GT comemora 50 anos

“Só voar é melhor”, foi o célebre ‘slogan’ publicitário que acompanhou o lançamento do Opel GT há precisamente 50 anos. Este desportivo emblemático da Opel entrou para a história graças a várias inovações que marcaram a indústria à época.

Para assinalar a data, a Opel preparou um programa completo de comemorações que arranca em maio com a participação na feira alemã de automóveis clássicos “Bodensee-Klassik”.

Em bom rigor, a lenda Opel GT inicia-se com um ‘big bang’ no Salão Automóvel de Frankfurt de 1965. A grande estrela do ‘stand’ da Opel é um irreverente modelo desportivo de dois lugares com silhueta muito esguia, ‘nariz’ baixo, faróis escamoteáveis, guarda-lamas salientes e traseira curta.

Até então, nenhum fabricante europeu se atrevera a realizar algo semelhante. Na verdade, o Experimental GT era o primeiro ‘concept car’ apresentado por uma marca alemã. A Opel classificou-o como um estudo de automóvel de elevadas ‘performances’. A autoria era de Erhard Schnell e da sua equipa de ‘designers’, que haviam estreado, poucos meses antes, o novíssimo “Styling Studio” da marca em Rüsselsheim – o primeiro centro de ‘design’ de um fabricante de automóveis na Europa.

O Opel GT oferecia duas motorizações à escolha. O mais acessível 1.1 provinha do modelo Kadett e debitava 60 cv de potência. O outro era o mais potente 1.9, com 90 cv, oriundo do Rekord.

O GT 1900 ganhou rapidamente grande popularidade graças a ‘performances’ de relevo para a época, como a velocidade máxima de 185 km/h e a aceleração de zero a 100 km/h em 11,5 segundos. A transmissão às rodas traseiras era efetuada através de uma caixa manual de quatro velocidades. Na Europa, muito poucos clientes encomendaram a caixa automática de três velocidades, a qual era muito mais requisitada do outro lado do Atlântico, para onde a Opel também exportou o GT.

Anterior Nissan continua a crescer em Portugal
Próximo Huayra L´Ultimo é mesmo a última versão do Pagani

Artigos relacionados

Porsche planeia investimento de mais de seis biliões de euros em mobilidade elétrica até 2022

A Porsche está a desenvolver um plano sem precedentes para o futuro: até 2022, a marca vai investir mais de seis mil milhões de euros em mobilidade elétrica.

Vendas da Mazda crescem na Europa impulsionadas pelos SUV

A Mazda registou novo aumento de dois dígitos nas suas vendas na Europa durante o segundo trimestre, comercializando um total de 60.571 veículos. Com isso, galga em 25 por cento

46% das venda da Toyota na Europa são híbridos

A Toyota Motor Europe (TME) registou nos primeiros 6 meses de 2018, 560 mil viaturas vendidas das marcas Toyota e Lexus, verificando-se um aumento de 6% em relação ao mesmo período de 2016, aumentando a quota de mercado para 5,0%.