Opel Grandland X promete eficácia e tecnologia avançada

Opel Grandland X promete eficácia e tecnologia avançada

A Opel prepara a chegada ao mercado nacional do novíssimo Grandland X, modelo com que a marca alemã se apresta a entrar num segmento em franco crescimento, unindo características estéticas e tecnológicas de grande relevo.

O novo Opel Grandland X mede 4,48 metros de comprimento e apresenta-se com projeções curtas numa carroçaria com proporções muito dinâmicas, destacando-se ainda a longa distância entre eixos de 2,675 metros que lhe confere bastante espaço para cinco ocupantes e suas bagagens. A este nível, o novo SUV alemão terá capacidade de 514 litros, aumentando para 1.652 litros com os bancos rebatidos atrás.

Motorizações modernas

Na fase inicial, o novo SUV oferece a escolha entre um motor a gasolina e um Diesel, de elevada eficiência e baixas emissões que podem ter acopladas transmissões manual ou automática de seis velocidades. Ambas variantes possuem Start/Stop de série. A caixa automática foi otimizada também do ponto de vista do atrito.

A opção a gasolina é constituída pelo 1.2 Turbo de 130 CV de potência e 230 Nm de binário às 1.750 rpm, contando com injeção direta e bloco e cabeça construídos em alumínio. O consumo médio apontado está entre os 5,5-5,4 l/100 km, enquanto as emissões, também em ciclo misto, são de 127-124 g/km de CO2, medidas respetivamente sem e com pneus de baixo atrito.

Do lado Diesel, o Grandland X oferece o 1.6 Turbo D com 120 CV de potência, capaz de produzir 300 Nm de binário máximo a um regime de apenas 1.750 rpm para um consumo médio de 4,6-4,3 l/100 km e emissões de 118-111 g/km de CO2. Após a fase de lançamento, a Opel planeia alargar o leque da oferta de motores.

Para responder a desafios de condução, qualquer que seja o tipo de piso, o novo Grandland X conta com o sistema ‘Grip Control’ de controlo de tração especial. Com cinco modos diferentes de funcionamento, o sistema ajusta a distribuição de binário entre as rodas dianteiras, permitindo ‘patinagem’ de uma roda se necessário, e consegue alterar o curso do acelerador e os pontos de passagem de caixa de velocidades automática.

Tecnologicamente, está equipado com um vasto leque de tecnologias de apoio à condução, desde o Aviso de Saída de Faixa ao Reconhecimento de Sinais de Trânsito e à Assistência ao Arranque em Subidas, passando pelo Programador de Velocidade Adaptativo com deteção de peões e travagem automática de emergência, Assistência ao Estacionamento e Câmara 360 graus.

Os mais recentes sistemas de informação e entretenimento IntelliLink também lá estão, integrando os telemóveis de forma a manter a total conectividade com o exterior. O sistema OnStar de apoio em viagem e em emergência faz igualmente parte do equipamento de série.

Por seu turno, os bancos ergonómicos certificados pela AGR, o volante com aquecimento, bancos dianteiros e traseiros aquecidos, e o portão da bagageira com comando elétrico e sensor de pé estão em evidência entre os elementos de conforto.

A estreia do modelo está agendada para o Salão de Frankfurt, patente ao público entre os dias 14 e 24 de setembro. O novo SUV chega ao mercado português pouco tempo volvido, em novembro.

Anterior Volkswagen Arteon pronto para as encomendas
Próximo Volvo XC60 estreia-se em solo nacional no evento do WTCC em Vila Real

Artigos relacionados

Ford Fiesta ST200: Um mini-Fiesta RS

Ainda não é a tão ansiada versão RS, mas o Ford Fiesta conta agora com uma versão ainda mais potente, capaz de debitar 200 cv. Graças ao motor 1.6 EcoBoost

BMW: mais modelos M Performance, mas não em todas as gamas

Numa luta que promete vir a ficar mais renhida com a Mercedes-AMG, a BMW promete vir a lançar mais variantes desportivas com o cunho M Performance.

Toyota promove ‘check-ups’ gratuitos em dia especial

Estimando a existência de mais de 200.000 veículos Toyota em circulação nas nossas estradas, a marca nipónica vai realizar, pela primeira vez, a 14 de novembro, um Toyota Day que