Nissan cria conselho consultivo europeu para a Mobilidade Inteligente

Nissan cria conselho consultivo europeu para a Mobilidade Inteligente

A Nissan anuncia a criação de um novo Conselho Consultivo de peritos europeus com o intuito de promover o debate sobre a Mobilidade Inteligente além da comunidade automóvel na Europa. Reunido pela primeira vez no edifício Crystal em Londres, um dos edifícios mais sustentáveis do mundo, o Conselho Consultivo para a Mobilidade Inteligente juntou líderes da indústria de vários setores para debater e encontrar soluções para uma das questões fundamentais da nossa época: o futuro da mobilidade e uma vida mais “inteligente” e ecológica.

Liderado por Gareth Dunsmore, Diretor de Veículos Elétricos da Nissan na Europa, o Conselho Consultivo foi presidido de forma independente pelo comentador de tecnologia e ciência, Stephen Pritchard. Constituído por doze membros, em representação de várias empresas e organizações europeias, incluindo a Fundação Europeia para o Clima, a Frost & Sullivan e a Ecotricity, o Conselho Consultivo reunirá duas vezes por ano para apresentar resultados do seu programa de atividades.

Ao tecer comentários sobre a criação do Conselho, Gareth Dunsmore explicou que um dos objetivos foi mostrar que “na Nissan não nos limitamos a cruzar os braços enquanto as nossas cidades ficam cada vez mais complexas, apinhadas e congestionadas. Vender automóveis deixou de ser uma transação pontual. Os automóveis têm um impacto significativo nas cidades onde vivemos e na vida que temos. Com a chegada de novas tecnologias e inovações nas transmissões, novas soluções de mobilidade podem tornar as nossas vidas mais “inteligentes” e com melhores ligações. É por esta razão que estamos tão entusiasmados com a criação do Conselho Consultivo para a Mobilidade Inteligente da Nissan; esperamos que outros elementos da indústria se juntem a nós nesta viagem”.nissan_1

A reunião inaugural, que decorreu no passado dia 27 de abril, centrou-se no tema da mobilidade inteligente e no dilema das cidades conectadas. Embora tenha sido criado pela Nissan, o Conselho Consultivo consiste num grupo independente de peritos. Tem como principal objetivo possibilitar a partilha de ideias entre os líderes dos vários setores na procura de soluções de mobilidade que poderão alterar o nosso estilo de vida. Neste momento são os veículos elétricos, mas o grupo também vai explorar outras possibilidades futuras.

Sarwant Singh, Parceiro Sénior na Frost and Sullivan e perito em megatendências explicou, pelo seu lado, que a “mobilidade está a sofrer uma grande transformação com a chegada da digitalização, da urbanização e de uma alteração substancial nos comportamentos da geração dos “millennials“. Portanto, é encorajador perceber que os intervenientes líderes da indústria, como a Nissan, estão a juntar os principais pensadores para moldarem o futuro da mobilidade”.

A próxima reunião do Conselho está agendada para outubro de 2016.

Anterior Subaru celebra 50 anos de motor Boxer
Próximo Porsche já ensaia novo GTE para competições de resistência

Artigos relacionados

Porsche 718 Cayman partilha gama de motores turbo do Boxster

A Porsche entrou decididamente no campo da sobrealimentação e agora chegou a vez do 718 Cayman receber também uma motorização de quatro cilindros turbo para este renovado modelo, que partilha

Red Bull Racing procura alternativa aos motores da Renault

Com a grelha para a temporada de 2016 a compor-se no que diz respeito a pilotos, surge agora a indecisão quanto ao fornecimento de motores para aquela que é uma

Renault Clio R.S. 220 EDC Trophy

Utilitário da Renault recebe as “mordomias” da assinatura Trophy     À semelhança do que acontece com o Mégane, a marca francesa decidiu criar uma versão do atual Clio R.S.

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário