Mercedes-Benz inicia produção do novo GLC Coupé

Mercedes-Benz inicia produção do novo GLC Coupé

A produção do novo GLC Coupé foi iniciada na fábrica da Mercedes-Benz em Bremen. Este é o segundo novo modelo a ser lançado na fábrica. Com o SUV de médias dimensões, a Mercedes-Benz aplica a fórmula bem-sucedida do GLE Coupé a um segmento mais compacto.

O novo modelo da marca germânica conta com design dinâmico, suspensão desportiva de série com sistema pneumática como opção e tração integral permanente 4MATIC com caixa de velocidades automática 9G-TRONIC, concretizando assim aquilo que a Mercedes-Benz denomina de “combinação perfeita entre um SUV e um coupé desportivo”.

De acordo com Markus Schäfer, membro do Conselho de Gestão, Produção e Cadeia de Fornecimento da Mercedes-Benz Cars, “com o início da produção do novo GLC Coupé, estamos a expandir a nossa família de veículos SUV com um elemento-chave na estratégia de crescimento da Mercedes-Benz. Ao mesmo tempo, estamos a reforçar a fábrica de Bremen como principal fábrica de produção do modelo, dentro da nossa rede de produção flexível e eficiente”.

Produção na fábrica de Bremen em pleno andamento

O alargamento do poretfólio de produtos para dez modelos é acompanhado de uma crescente necessidade no que diz respeito a uma elevada flexibilidade de produção na fábrica de Bremen. Consequentemente, o novo SUV é fabricado na mesma linha de montagem que o Classe C Limousine, do Classe C Station e do GLC. Isto significa que dois em cada três pavilhões de montagem na fábrica de Bremen, fabricam quatro modelos na mesma linha de montagem.

O processo de montagem do GLC Coupé marca a utilização pela primeira vez de uma nova fixação do banco, que roda o trabalhador numa posição ergonómica para o interior do veículo, que é mais difícil de aceder devido à típica linha coupé do tejadilho. Isto facilita particularmente a instalação dos componentes de revestimento dianteiros e traseiros.

Os componentes individuais da carroçaria do GLC Coupé são produzidos na própria secção de prensas da fábrica, numa das linhas de prensas mais avançadas do mundo. Na secção da carroçaria, esta é produzida na mesma linha do GLC de uma forma que permite conservar recursos e reduzir custos. A reutilização das instalações de produção do anterior modelo GLK permitiram limitar a necessidade de gastos em novos bens de equipamento. A modernização possibilitou a adaptação das instalações às necessidades de produção dos novos modelos no que diz respeito à interação e aos tempos de ciclo.

Anterior Nissan prepara novo elétrico e tecnologias semiautónomas já para 2017
Próximo Novo Porsche Panamera: Melhoria geral e maior eficiência

Artigos relacionados

Tesla já chegou (oficialmente) a Portugal

A Tesla já chegou a Portugal, com a marca a começar a aceitar encomendas online a partir de hoje para os Model S e Model X.

Lexus em Genebra com a estreia mundial do novo crossover UX

A Lexus anunciou que irá marcar o Salão Internacional do Automóvel de Genebra com a estreia mundial, no dia 6 de março, do novo crossover da marca: o Lexus UX.

Motores dos Fórmula 1 serão mais ruidosos em 2016

Uma das grandes queixas dos adeptos da Fórmula 1 no que diz respeito aos novos motores turbo introduzidos na modalidade em 2014 prende-se com a sonoridade emanada pelas inovadoras unidades

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário