Koenigsegg trabalha em motor inovador de 1.6 litros com 400 cv

Koenigsegg trabalha em motor inovador de 1.6 litros com 400 cv

A Koenigsegg está a trabalhar no desenvolvimento de um motor de quatro cilindros e 1.6 litros de cilindrada com a capacidade de debitar mais de 400 cv de potência máxima. Não sendo um projeto com vista a uma finalidade imediata, o trabalho levado a cabo pela companhia de Christian von Koenigsegg, mentor de projetos extremos como o Agera, Regera ou One:1 tem por objetivo demonstrar que os motores a combustão podem ainda ser alvo de uma evolução aprofundada com vista a uma cada vez mais eficiência.

Este trabalho no novo motor está a ser levado a cabo em parceria com a chinesa Qoros, embora não existam planos para a sua montagem num veículo de estrada. No cerne deste novo bloco de apenas 1.6 litros, de acordo com Koenigsegg, está uma maior eficiência térmica, recorrendo a alguns dos ensinamentos que os seus modelos mais desportivos já contam.

Em declarações concedidas ao site Carbuzz, o CEO da companhia com o mesmo nome explicou que uma das técnicas utilizadas passa pela adoção de uma relação diâmetro/curso incomum para um motor deste género, com vista a uma minimização das perdas térmicas do motor.

Anterior Kris Meeke foi o mais forte no Rali de Portugal
Próximo Anders Gustafsson explica aposta da Volvo na segurança, tecnologia e eficiência

Artigos relacionados

Lewis Hamilton vence no Canadá

Lewis Hamilton, da Mercedes, venceu o GP do Canadá numa prova em que teve de se empenhar para bater o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, que ficou em segundo lugar

Fórmula 1: Sessões de qualificação vão ser repensadas

O Grupo Estratégico da Fórmula 1 e a Comissão de Fórmula 1 gizaram um plano de remodelação das sessões de qualificação para entrada em vigor já este ano. O objetivo

Karl-Thomas Neumann demite-se do cargo de CEO da Opel

Karl-Thomas Neumann anunciou a sua demissão de CEO da Opel, que revelou a decisão na antecâmara do negócio de venda das operações europeias da General Motors à PSA.






0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário