Hyundai continua a crescer nas vendas em Portugal

A Hyundai foi a marca automóvel do Top 20 que mais cresceu no primeiro semestre em Portugal, conquistando assim mais um lugar no ranking de vendas do mercado de automóveis ligeiros, onde ocupa agora a 16ª posição.

Num período em que o mercado apresenta um crescimento de apenas 5,3%, a Hyundai Portugal mais do que quadruplica este valor apresentando uma variação positiva de 27,6% face ao primeiro semestre do ano anterior.

Os resultados da Hyundai no mercado português devem-se à boa prestação dos modelos lançados pela marca neste período, nomeadamente o Hyundai Kauai, proposta da marca para o segmento B-SUV, e o i30 Fastback que veio completar a família i30, já composta pelas versões de 5 portas, Station Wagon e o desportivo i30 N.

A aposta da marca na criação de novas soluções que complementam os seus produtos também é um dos fatores chave para este crescimento, como é o caso do Hyundai + Seguro, que associado ao Hyundai i10 oferece o seguro de danos próprios com a compra da viatura.

A entrada no segundo semestre do ano é marcada pelo lançamento do Novo Hyundai i20 que se apresenta ao mercado português com uma solução de mobilidade, o Hyundai FlexMobility. A Hyundai vai dar ainda continuidade à sua já forte presença no segmento SUV, com a chegada do novo Hyundai Tucson, Hyundai Santa Fe e do Hyundai Kauai, nas versões Diesel e Electric.

Anterior Nova Revista de Veículos Comerciais do Grupo V já está nas bancas
Próximo SEAT ensina a utilizar o ar condicionado

Artigos relacionados

Vendas da VW Veículos Comerciais sobem na Europa

A Volkswagen Veículos Comerciais entregou 46 300 veículos aos seus clientes em todo o mundo no mês de abril (+16,2% do que no período homólogo do ano passado).

Hyundai revela primeiras imagens da Nova Geração Santa Fe

A marca revelou as primeiras imagens da Nova Geração Santa Fe, que exibe um design luxuoso e marcante assente numa composição robusta, elegante e com forte presença em estrada.

Ferrari confirma rapidez: Sebastian Vettel vence GP da Austrália

Mais do que apenas uma ameaça, a Ferrari mostrou no primeiro Grande Prémio de Fórmula 1 de 2017 que está muito mais forte do que no ano passado.