Ford reedita Mustang Bullit numa variante com 457 cv

O novo Ford Mustang Bullit atravessa o Atlântico, possibilitando aos clientes europeus serem proprietários de uma das mais populares versões de sempre do icónico modelo americano.

Em vez dos 475 cv da versão americana, a especificação europeia do Mustang Bullit está limitada a 457 cv, extraídos do bloco 5.0 litros V8.

O motor foi reformulado e tem um novo sistema de refrigeração, um coletor de admissão maior e um módulo de calibração herdado diretamente do Shelby Mustang GT350 para “se ficar” pelos 457 cv e 529 Nm de binário.

A potência chega às rodas através de uma caixa manual de seis velocidades. Vai estar disponível com duas cores exteriores, Shadow Black ou o clássico e original Highland Green. As jantes de 19″ são exclusivas e as maxilas vermelhas da Brembo sobressaem.

As molduras da grelha e das janelas são cromadas, tal como a tampa do depósito de combustível estilo “Bullit”. No interior, encontramos o painel de instrumento de 12″, um punho da alavanca da caixa redondo e de cor branca e bancos pespontados a verde.

As primeiras entregas do Mustang Bullit na Europa arrancam no último trimestre do ano.

Ford Mustang BullitFord Mustang Bullit

Anterior Vídeo | McLaren Senna é verdadeira homenagem a Ayrton Senna
Próximo Audi usados ganha destaque no relatório de fiabilidade da Dekra

Artigos relacionados

Próxima geração de motores a gasolina da Mazda será 30 por cento mais eficientes

Empenhada no aumento de eficiência dos seus motores, a Mazda prepara o lançamento de uma nova geração de tecnologias que irão prefigurar a segunda geração Skyactiv-G de motores a gasolina.

Volvo Cars vence Brand Design Language Award 2016

Esta distinção, atribuída pelo Car Design Award, cujo painel de júris integra editores e representantes de revistas internacionais do setor automóvel e design, enaltece a contribuição que a Volvo tem

Nico Rosberg na pole para o GP da China

Os Ferrari chegaram a ameaçar mas no final da qualificação acabou por ser Nico Rosberg, da Mercedes, o mais veloz na fase decisiva da sessão. Com efeito, o alemão voltou