Ford investe mais 1.000 milhões de dólares na inteligência artificial

A Ford Motor Company anunciou o investimento de 1.000 milhões de dólares na Argo AI ao longo dos próximos cinco anos. Trata-se de uma empresa de inteligência artificial com a qual pretende desenvolver um sistema de condução virtual para veículos autónomos do construtor a surgir em 2021, podendo ainda ser alvo de licenciamento para outras empresas.

Fundada por antigos responsáveis da Google e da Uber, a Argo AI incluirá técnicos de robótica e engenheiros, internos e externos à Ford. A equipa de especialistas em robótica e inteligência artificial é liderada por Bryan Salesky, como CEO, e por Peter Rander, como COO, fundadores da Argo AI. São ambos ex-alunos do Carnegie Mellon National Robotics Engineering Center e anteriores responsáveis das equipas de veículos de condução autónoma da Google e da Uber, respetivamente.

“A próxima década será definida pela automatização do automóvel e os veículos autónomos terão um significativo impacto na sociedade, tal como a linha de montagem móvel da Ford teve há 100 anos,” disse Mark Fields, Presidente e CEO da Ford. “À medida que a Ford se expande para se tornar numa empresa automóvel e de mobilidade, acreditamos que investir na Argo AI irá criar um valor significativo junto dos nossos accionistas, reforçando a liderança da Ford no processo de introduzir no mercado, a curto prazo, veículos com condução autónoma, criando uma tecnologia que poderá ser licenciada a terceiros no futuro”, acrescentou.

A atual equipa de desenvolvimento do sistema de condutor virtual da Ford, um software de uma máquina de auto-aprendizagem que actua como o cérebro de um veículo autónomo, ver-se-á combinado com o talento e experiência da Argo AI na área da robótica. Esta parceria irá permitir o desenvolvimento de um sistema de condutor virtual para veículos de condução autónoma da Ford de nível 4 SAE.

A colaboração apoia as pretensões da Ford em ter veículo totalmente autónomo, compatível com a norma 4 SAE, para aplicação comercial em 2021em serviços de mobilidade. Como complemento desta relação, a Ford Smart Mobility LLC irá definir a estratégia de comercialização dos veículos autónomos da Ford. Nela incluem-se opções para uma utilização de veículos autónomos no movimento de pessoas e bens, tais como viagens partilhadas, viagens por chamada ou frotas de entrega de encomendas.

A Ford vai ser accionista maioritária da Argo AI. Importa destacar que a Argo AI foi estruturada para operar com uma substancial independência. Os seus funcionários terão participação significativa na empresa, permitindo-lhes beneficiar do seu sucesso. O conselho da Argo AI terá cinco membros: Raj Nair, John Casesa (Vice-Presidente do Grupo Ford, Estratégia Global), Bryan Salesky, Peter Rander e ainda um director independente.

Anterior Opel mostra como se faz o novo Ampera-E
Próximo Mitsubishi Eclipse Cross confirmado para Genebra

Artigos relacionados

Hyundai prova igualdade de padrões de segurança colidindo dois Sonata

Respondendo às críticas de muitos dos seus detratores no mercado doméstico  (Coreia do Sul) que acusam a marca de produzir modelos com padrões de segurança mais elevados para os mercados

Pascal Wehrlein a caminho da Sauber?

Quando tudo parecia tranquilo no que ao mercado de pilotos diz respeito, o anúncio do abandono repentino da Fórmula 1 por parte de Nico Rosberg – coroado campeão – voltou a colocar a Fórmula 1 em ebulição.






Lewis Hamilton vence no México mas Rosberg segura liderança do Mundial

Procurando dar tudo por tudo na reta final do campeonato de Fórmula 1, Lewis Hamilton venceu o Grande Prémio do México, ao volante de um Mercedes.