Ford investe mais 1.000 milhões de dólares na inteligência artificial

A Ford Motor Company anunciou o investimento de 1.000 milhões de dólares na Argo AI ao longo dos próximos cinco anos. Trata-se de uma empresa de inteligência artificial com a qual pretende desenvolver um sistema de condução virtual para veículos autónomos do construtor a surgir em 2021, podendo ainda ser alvo de licenciamento para outras empresas.

Fundada por antigos responsáveis da Google e da Uber, a Argo AI incluirá técnicos de robótica e engenheiros, internos e externos à Ford. A equipa de especialistas em robótica e inteligência artificial é liderada por Bryan Salesky, como CEO, e por Peter Rander, como COO, fundadores da Argo AI. São ambos ex-alunos do Carnegie Mellon National Robotics Engineering Center e anteriores responsáveis das equipas de veículos de condução autónoma da Google e da Uber, respetivamente.

“A próxima década será definida pela automatização do automóvel e os veículos autónomos terão um significativo impacto na sociedade, tal como a linha de montagem móvel da Ford teve há 100 anos,” disse Mark Fields, Presidente e CEO da Ford. “À medida que a Ford se expande para se tornar numa empresa automóvel e de mobilidade, acreditamos que investir na Argo AI irá criar um valor significativo junto dos nossos accionistas, reforçando a liderança da Ford no processo de introduzir no mercado, a curto prazo, veículos com condução autónoma, criando uma tecnologia que poderá ser licenciada a terceiros no futuro”, acrescentou.

A atual equipa de desenvolvimento do sistema de condutor virtual da Ford, um software de uma máquina de auto-aprendizagem que actua como o cérebro de um veículo autónomo, ver-se-á combinado com o talento e experiência da Argo AI na área da robótica. Esta parceria irá permitir o desenvolvimento de um sistema de condutor virtual para veículos de condução autónoma da Ford de nível 4 SAE.

A colaboração apoia as pretensões da Ford em ter veículo totalmente autónomo, compatível com a norma 4 SAE, para aplicação comercial em 2021em serviços de mobilidade. Como complemento desta relação, a Ford Smart Mobility LLC irá definir a estratégia de comercialização dos veículos autónomos da Ford. Nela incluem-se opções para uma utilização de veículos autónomos no movimento de pessoas e bens, tais como viagens partilhadas, viagens por chamada ou frotas de entrega de encomendas.

A Ford vai ser accionista maioritária da Argo AI. Importa destacar que a Argo AI foi estruturada para operar com uma substancial independência. Os seus funcionários terão participação significativa na empresa, permitindo-lhes beneficiar do seu sucesso. O conselho da Argo AI terá cinco membros: Raj Nair, John Casesa (Vice-Presidente do Grupo Ford, Estratégia Global), Bryan Salesky, Peter Rander e ainda um director independente.

Anterior Opel mostra como se faz o novo Ampera-E
Próximo Mitsubishi Eclipse Cross confirmado para Genebra

Artigos relacionados

Ferrari FXX ofusca Mercedes McLaren SLR

À primeira vista, o Mercedes McLaren SLR assume-se como um superdesportivo de luxo, movido por um imponente motor V8 sobrealimentado de 5.4 litros com 626 cv de potência e 780

Red Bull transforma Land Rover Defender em ‘caça’ para festas

Parece saído de um filme de ficção científica, mas trata-se de um projeto bem real levado a cabo pela Red Bull. Este autêntico veículo de aspeto monstruoso tem por base

Novo Mercedes-Benz Classe A mostra visual desportivo em vídeo-espia

O Mercedes-Benz Classe A continua em fase de testes com vista ao lançamento no final do ano, surgindo neste vídeo-espia numa comitiva de unidades de ensaio com vista ao seu aperfeiçoamento.