FORD FOCUS 5P 1.0 ECOBOOST 125 CV TITANIUM

FORD FOCUS 5P 1.0 ECOBOOST 125 CV TITANIUM

Diversão assegurada

A Ford parece ter encontrado a fórmula perfeita para os amantes das mecânicas a gasolina: um bloco de pequena cilindrada, capaz de desenvolver uma potência considerável. Tudo, vestido com uma magnífica aparência e um equipamento de série muito convincente.

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Texto: José A. Guzmán                     Fotos: RCA Photo

 

A família de motores “EcoBoost” recebeu numerosos prémios e não é por acaso. Se inicialmente a aposta num bloco de três cilindros foi vista com algum cepticismo por parte dos mais críticos, a realidade é que a Ford tem vindo a demonstrar o contrário. Com um bloco de cilindrada reduzida e o inestimável apoio de um turbocompressor, o Focus consegue esboçar um enorme sorriso em todos os seus proprietários.

 

Imagem distinta

Com a recente atualização estética, o compacto da marca do oval ganhou outro glamour e elegância. A grelha tem, agora, um maior número de cromados, e a frente granjeia dinamismo, graças ao design alongado dos grupos óticos e à forma envolvente do para-choques. Em relação às dimensões, o novo modelo não apresenta variações, em relação ao antecessor. O comprimento da carroçaria é de 4,36 metros, por 1,82 m de largura e 1,48 m de altura. A bagageira anuncia uma capacidade de 363 litros, um valor razoável, mas, ainda assim, longe dos melhores da categoria.

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Assombroso

Na vertente dinâmica, o nosso protagonista recorre a um bloco turbo a gasolina “EcoBoost”, com três cilindros e 999 cm3, dotado de injeção direta. Anuncia uma potência máxima de 125 CV às 6.000 rpm e 170 Nm de binário entre as 1.400 e as 4.500 rpm. Está associado a uma caixa manual de seis velocidades, que gere a força do motor para o eixo dianteiro.

Não sendo uma referência, as prestações são bastantes razoáveis e o motor revela ser mais do que suficiente para movimentar o conjunto com desenvoltura. Aliás, apesar de esta unidade não ser a mais potente da gama, não quer dizer que não cumpra com as suas obrigações, como provam os 195 km/h de velocidade de ponta e os 11,0 segundos para chegar aos 100 km/h.

Contudo, o valor mais surpreendente é o consumo anunciado em ciclo misto: 4,7 litros por cada 100 quilómetros; quase parece que estamos a falar de um bloco alimentado a gasóleo. Um registo muito interessante que, em condições normais de utilização, sobe para os 5,5 l/100 km.

 

Doce e equilibrado

Sem querermos ser demasiado parciais, pensamos que a combinação de fatores aqui analisada dá origem a um dos Focus mais interessantes da gama. As mexidas efetuadas na suspensão e direção refletem-se num conforto acrescido e numa maior precisão do eixo dianteiro, e reforçam a boa agilidade que este compacto tem evidenciado geração após geração. Além disso, o habitáculo beneficia de ótima insonorização, o que aumenta a sensação de comodidade. Neste particular, convém realçar a presença do sistema de estacionamento assistido “Active Park Assist”, incluído de série. Um verdadeiro “ás de trunfo para quem conduz muito na cidade e precisa de estacionar frequentemente.

De igual forma, também é capaz de circular com a mesma eficiência em vias rápidas. Nesse tipo de cenário, demonstra um aprumo e estabilidade notáveis, além da capacidade para manter velocidades de cruzeiro sem esforço, inclusive com cinco ocupantes e respetiva bagagem. Em suma, o Focus 1.0 EcoBoost assume-se como uma alternativa muito equilibrada, face aos incondicionais seguidores do gasóleo.

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Bom trato

O “nosso” Focus tem um preço de 21.936 euros. Uma quantia bastante razoável, tendo em conta o equipamento de série proposto pelo acabamento “Titanium”, que inclui, entre outos, sistema de arranque por botão, ar condicionado automático bi-zona e jantes de liga leve de 16 polegadas. A estes deve-se juntar (ou diminuir) o sistema multimédia SYNC II com comando por voz, navegação e rádio e o Pack Driver III (travagem ativa em cidade e sistema de estacionamento automático), ambos inseridos numa oferta de lançamento da Ford, bem como um desconto de 2.650 euros sobre o preço de venda ao público (mais 1.400 € se o financiamento for efetuado pela Ford Crédito).

 

 

 

==============================================================

 

Conclusão

Da extensa família do Focus, a unidade aqui expressa é uma das minhas favoritas. O motor tem potência de sobra, consome o justo e, além disso, tem um equipamento em consonância. Com estes argumentos, quem se lembra de um turbodiesel?

 

 

FICHA TÉCNICA FORD FOCUS 5P 1.0 ECOBOOST 125 CV TITANIUM

 

 

TIPO DE MOTOR                Gasolina, 3 cilindros em linha, turbo

CLINDRADA                                   998 cm3

POTÊNCIA                           125 CV às 6.000 rpm

BINÁRIO MÁXIMO              170 Nm entre as 1.400 e as 4.500 rpm

  1. MÁXIMA 195 km/h

ACELERAÇÃO                   11,0 s (0 a 100 km/h)

CONSUMO                          4,7 l/100 km (misto)

EMISSÕES CO2                 108 g/km

DIMENSÕES (C/L/A)         4.360 / 1.823 / 1.469 mm

PNEUS                                 175/65 R15

PESO                                    1.295 kg

BAGAGEIRA                                   363 l

PREÇO                                 21.936 €

LANÇAMENTO                   Novembro de 2014

 

 

FICHA EQUIPAMENTO FORD FOCUS 5P 1.0 ECOBOOST 125 CV TITANIUM

 

 

DE SÉRIE

Airbags frontais e laterais dianteiros, airbags de cabeça traseiros, sistema de antibloqueio de travões ABS, controlo eletrónico de estabilidade ESP, controlo de tração, distribuição da força de travagem, sistema de controlo em curva, sensor da pressão dos pneus, sistema de travagem ativa em cidade, sistema de estacionamento automático, sistema de paragem e arranque automáticos do motor “Stopt/Start”, sensores de chuva e luz, cruise control com limitador de velocidade, direção assistida elétrica, luzes de condução diurnas, faróis de nevoeiro, ar condicionado automático, retrovisores elétricos aquecidos e retráteis, vidros eléctricos, volante multifunções em pele, volante regulável em altura e profundidade, volante em pele, bancos dianteiros reguláveis em altura, arranque do motor por botão, computador de bordo, jantes de liga leve de 16 polegadas, rádio com CD, MP3, ligação USB, Bluetooth e navegação, ecrã táctil de 8 polegadas e nove colunas.

 

 

OPCIONAIS

Pintura metalizada (508 €), faróis bi-xénon adaptativos (1.118 €), luzes de condução diurna de LED (203 €), teto de abrir eléctrico (609 €), alarme (209 €), bancos dianteiros aquecidos (203 €), estofos em tecido/couro (1.016 €), câmara de visão traseira (203 €), jantes de liga leve de 17 polegadas (254 €), sistema de detecção do ângulo morto (508 €).

Anterior SEAT Alhambra
Próximo MAZDA 6 e CX-5

Artigos relacionados

Teste Hyundai Tucson 1.7 CRDI Executive: Embaixador europeu

Mais do que um novo modelo, o Tucson tem a missão de servir de embaixador da marca coreana para o Velho Continente.






LEXUS NX 300H EXECUTIVE

Aprovado com distinção O SUV compacto híbrido da Lexus apresenta-se como uma espécie de homem dos sete ofícios: não é brilhante em nenhum, mas cumpre todos com eficiência.    

BMW 320D STEPTRONIC: Entre os melhores

Com 40 anos no ativo, a berlina alemã continua a ser uma das referências absolutas da categoria. O segredo? Ligeiros retoques estéticos, um motor mais eficiente, dinâmica apurada e importante reforço do equipamento.






1 Comentário

  1. joao Sousa
    Junho 08, 16:20
    É um carro muito completo e uma das opções a ter em conta para quem compra carro nesta gama. O único senão é os custos das manutenções periódicas no motor 1.0 ecoboost . A 1ª revisão ( 20000Kms ou 1 ano) tem custo aceitável(+- 210€) agora daí em diante acho os valores exagerados na gama em que está inserida (utilitários e gama média). Por exemplo a dos 40000 Kms ou 2 anos tem um valor na ordem dos 450€ e se levar pastilhas de travão dianteiras vai para perto dos 600€. Estes dados são baseados num modelo utilitário( Ex: Fiesta) com o motor 1.0 ecoboost de 100cv.... Na concorrência existe carros igualmente bons, com as manutenções periódicas em valores bem mais acessíveis....

Deixe um comentário