Ferrari California com caixa manual vendido em leilão por quase 400 mil euros

Ferrari California com caixa manual vendido em leilão por quase 400 mil euros

Uma das características dos Ferrari do passado era a sua caixa de velocidades em alumínio com esquema em ‘H’, a qual se tornou marcante em muitos dos modelos da marca transalpina. Há alguns anos atrás, contudo, a Ferrari decretou o final das caixas manuais, passando a produzir apenas caixas automáticas (com modo sequencial) inspiradas nas utilizadas nos monolugares de Fórmula 1.

Apesar de serem rápidas e mais eficientes nas transições entre relações do que as efetuadas por ação humana, as caixas manuais contam com uma aura muito específica, fazendo com que os adeptos mais saudosistas da Ferrari continuem a ‘suspirar’ pela tradicional caixa com pedal de embraiagem.

Essa será uma das razões pela qual um exemplar do California foi vendido em leilão pela módica quantia de 393.360 euros, mais do dobro do seu valor enquanto modelo novo. Este registo foi obtido num leilão da Artcurial Retromobile, o que pode ser também explicado pelo facto de ser um modelo de grande raridade e exclusividade: no total, terão sido produzidos cinco exemplares do California com caixa manual, elevando desta forma o seu valor enquanto peça de colecionador, que é essencialmente aquilo que este California se irá tornar.

Anterior Ford regressa a Le Mans com quatro carros
Próximo Datsun revela Go-Cross em Nova Deli

Artigos relacionados

Lotus mostra Exige Sport 410

A Lotus lançou aquele que deverá ser o último Exige de produção em série.

ACAP otimista para o Salão do Automóvel de Lisboa

A Associação Automóvel de Portugal (ACAP) não esconde o seu otimismo para o regresso do Salão do Automóvel e do Veículo Ecológico, certame que abre as suas portas dentro de

TVR revela novo modelo no Salão de Londres

A TVR, marca britânica de desportivos, irá apresentar o seu novo modelo no Salão de Londres, que esta semana se realiza na capital do Reino Unido e cuja chegada ao

0 Comentários

Ainda sem comentários!

Seja o primeiro a comentar este artigo!

Deixe um comentário