Fábrica da PSA de Mangualde também vai produzir o Opel Combo

A Opel vai voltar a ter o Combo produzido em Portugal. Depois da Azambuja é agora a vez de Mangualde receber o modelo que está inserido dentro do dispositivo industrial do Grupo PSA.

Em 2018, a fábrica de Mangualde iniciou a produção dos novos Peugeot Partner/Rifter e Citroën Berlingo/ Berlingo Van. Para receber a produção destes veículos com os melhores níveis de eficiência, o Centro realizou um profundo processo de modernização e uma das mais importantes transformações industriais da sua história.

No desenvolvimento deste projeto e com a integração da Opel no dispositivo industrial do Groupe PSA, o Centro de Mangualde irá incluir, a partir do segundo semestre de 2019, a produção do novo Opel Combo, em duas variantes – comercial e de passageiros.

Este novo modelo vai possibilitar uma maior estabilidade e flexibilidade dos volumes de produção, permitindo que a fábrica se torne mais competitiva para responder a um mercado automóvel cada vez mais exigente.

A produção do Combo será partilhada com a fábrica de Vigo (Espanha), que já produz a marca Opel desde julho de 2018. Esta nova geração de veículos comerciais ligeiros do Groupe PSA está a ser produzida sobre a plataforma EMP2 e em exclusivo mundial nas duas fábricas ibéricas – Mangualde e Vigo.

Os principais mercados de destino dos modelos Opel Combo produzidos na fábrica de Mangualde serão Portugal, Espanha, França e Itália.

Anterior Mazda MX-5 comemora 30 anos na cor Racing Orange
Próximo Volvo já vendeu 600 mil V40

Artigos relacionados

Gama Renault Mégane recebe motor dCi de 165 CV

A gama Renault Mégane passa a estar disponível com o motor biturbo Energy dCi de 165 CV com uma afinação específica desenvolvida pela Renault Sport.

Huff e Michelisz juntam-se a Monteiro na equipa oficial da Honda

A Honda anunciou a sua equipa de pilotos para o Campeonato do Mundo de Carros de Turismo (WTCC), destacando-se a chegada de Robert Huff e de Norbert Michelisz, que se

EDP propõe 20% de desconto no carregamento de carros elétricos

A EDP está a oferecer 20% de desconto na eletricidade para incentivar a mobilidade elétrica, dando continuidade à estratégia de promoção desta área.