Ericeira recebeu mais de 2.000 Citroën 2CV

Ericeira recebeu mais de 2.000 Citroën 2CV

A zona da Ericeira recebeu em finais de julho uma concentração de exemplares do emblemático Citroën 2CV, com cerca de dois mil carros a juntarem-se em Portugal naquela que foi a 22ª edição deste encontro mundial de amigos do 2CV.

Este encontro nasceu na Finlândia em 1975 e continua a decorrer até aos dias de hoje, a cada dois anos num país diferente. Os colecionadores da Citroën e os membros do ‘Amicale Citroën Internationale’ têm neste encontro uma oportunidade única para partilhar experiências e a sua paixão comum pelo 2CV, um modelo que se tornou marcante na história do automóvel.

Na edição lusa, participaram ainda membros do Tour de Portugal e do Raid 2CV Racing Team Havas, com cerca de 50 exemplares do 2CV de competição. Em Mafra, localidade vizinha da Ericeira, houve também uma exposição de uma dezena de veículos, mas houve espaço igualmente para modelos atuais da marca francesa, os quais dão continuidade ao espírito inovador do 2CV, como é caso do C4 Cactus ou do novo C3, que foi o convidado de honra deste evento.

O próximo evento para os apaixonados dos 2CV terá lugar entre 9 e 13 de maio de 2018, na região francesa de Belfort.

Anterior Italdesign Zerouno já tem produção vendida
Próximo BMW revela acessórios M Performance para o novo Série 6 GT

Artigos relacionados

Euro NCAP distingue 11 modelos com cinco estrelas

Provando que os automóveis novos estão cada vez mais seguros, os mais recentes ensaios da Euro NCAP, entidade que supervisiona a segurança dos automóveis novos vendidos na Europa, concederam cinco

Monteiro desclassificado perde triunfo na Tailândia

Tendo ganho a segunda corrida do WTCC na Tailândia, Tiago Monteiro, em Honda, perdeu a sua vitória na secretaria, tendo o colégio de comissários desportivos descoberto uma irregularidade técnica com

Ford aumenta produção do GT para satisfazer enorme procura

A Ford Motor Company anunciou hoje que a produção do superdesportivo de elevada performance Ford GT será alargada por cerca de mais dois anos, de forma a satisfazer a enorme procura por parte dos clientes.