DS mostra primeira imagens oficiais do 3 Crossback

A DS, marca e luxo da Citroën, mostrou o DS3 Crossback, um modelo que vai vingar no segmento do C3 Aircross.

Estilo escultural e proporções inéditas, com inovações exclusivas e um requinte único, e dispondo de uma versão 100% elétrica, o DS 3 Crossback estende os limites. A sua nova plataforma tecnológica abre novos horizontes, tanto no domínio técnico como estilístico.

Desde o primeiro olhar, o DS 3 Crossback afirma o seu estatuto de SUV premium compacto: comprimento contido de 4,12 metros, rodas de grande dimensão (690 mm, jantes de 18’’) altura ao solo, etc.

Na dianteira, a icónica grelha DS wings cinzelada e esculpida, as DRL de LED verticais, em ponto pérola – resultantes do concept car DS E-Tense – e as alongadas ópticas DS Matrix Led Vision expressam modernidade e performance, uma impressão reforçada pelo seu capot horizontal de formas generosas.

A atenção ao detalhe está omnipresente, logo desde o exterior da viatura:
-injetores dos limpa-vidros invisíveis,
-puxadores de portas embutidos, à face da carroçaria;
-linha de tejadilho pura, sem antena visível;
-tejadilho personalizável, numa tonalidade diferente da carroçaria;
-aileron tipo barbatana de tubarão lateral;
-e duplas cânulas cromadas simétricas.

A traseira assenta bem na estrada, graças a um estilo que evoca potência, fruto dos seus ombros musculados. A elegância encontra-se, também, nas luzes finas e muito tecnológicas, ligadas pela assinatura Crossback.

Anterior Jeep renova Cherokee
Próximo Campanha de lançamento da Volvo V60 já arrancou

Artigos relacionados

Peugeot liderou vendas de automóveis em outubro

A Peugeot foi a marca que mais automóveis de passageiros comercializou no mês de outubro (1.678 unidades), à semelhança do que aconteceu em setembro.

BMW tem no M8 Gran Coupé um rival do Porsche Panamera

O Porsche Panamera que se cuide, a BMW já tem o seu rival quase pronto. Chama-se M8 Gran Coupé e ainda é só um protótipo.

Ford faz novo investimento na fábrica de Craiova

A Ford confirmou hoje que vai investir até 200 milhões de Euros e criar mais 1500 postos de trabalho para a produção de um segundo veículo na sua Linha de Montagem de Craiova, na Roménia.